Jornal do Brasil

Sábado, 29 de Novembro de 2014

Cultura

Jovens criam campanha para montar sala de espetáculos em Nova Iguaçu

Jornal do Brasil

Cerca de 100 jovens da ONG Fábrica de Atores e Material Artístico, de Nova Iguaçu, resolveram se unir para montar uma sala de espetáculos teatrais sem quaisquer recursos ou financiamento. O resultado da mobilização poderá ser conferido no dia 3 de maio quando será aberto ao público o novo espaço teatral de Nova Iguaçu: A Sala de Espetáculos Amir Haddad.

O teatro será inaugurado com a peça Construção, criada a partir de músicas de Chico Buarque, e contará com a presença do diretor e ator Amir Haddad. A peça também será encenada nos dias 10, 17 e 24 de maio. Os atores são os alunos do curso de teatro, que elegeram Amir Haddad como exemplo de diretor e criador do Grupo Tá na Rua.

Sala de espetáculo será construída com o esforço dos jovens apaixonados por teatro
Sala de espetáculo será construída com o esforço dos jovens apaixonados por teatro

Esses adolescentes tomaram a decisão de mudar a situação do espaço que eles mesmos usam para aulas e ensaios, realizando a campanha intitulada "Vista a camisa". Semanalmente esses jovens se unem e pedem dinheiro no sinal, fazem cantina, montam sorteios de cestas de café da manhã e etc., tudo isso para angariar fundos para montar uma sala de espetáculos teatrais toda equipada.

Os jovens da Fábrica de Atores e Material Artístico são moradores de vários bairros de Nova Iguaçu e outras cidades da Baixada Fluminense e muitos deles já viveram em situação de risco social e encontraram na arte uma forma de recuperação. Por esse motivo estão tão empolgados em reconstruir o espaço que para muitos é como se fosse a primeira casa. 

 

Serviço

Construção – peça baseada em músicas de Chico Buarque

Sala de Espetáculos Amir Haddad. Av. Getúlio de Moura, nº 1302 Centro Nova Iguaçu. Telefone 3768-9250.

Dia 3 de maio, sábado

Horário: 20h30

Tags: amir, atores, espetáculos, fábrica, haddad

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.