Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Cultura

Diretor de X-Men rebate acusações de abuso sexual

Portal Terra

Acusado de ter abusado sexualmente de um adolescente, Bryan Singer, que dirigiu X-Men, afirma ter provas suficientes para garantir sua inocência. A suposta vítima, Michael Egan, disse que sofreu abusos em duas situações distintas, em 1999.

Ele contou que o diretor lhe forneceu drogas e bebidas alcoólicas, a obrigou a praticar sexo oral e também abusou sexualmente dele em troca de um papel em um de seus filmes. De acordo com o TMZ, fontes afirmaram que o diretor estava em Toronto para a pré-produção de X-Men na época.

O advogado do diretor, Marty Singer acredita que o caso só veio à tona agora por conta do lançamento do novo X-Men em algumas semanas.

Tags: abuso, bryan singer, cinema, diretor, provas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.