Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Cultura

BMW Jazz Festival anuncia atrações de sua quarta edição

Evento terá shows em São Paulo, Rio de Janeiro e, pela primeira vez, em Belo Horizonte 

Jornal do Brasil

O BMW Jazz Festival definiu o elenco de sua quarta edição, prevista para ser realizada entre 29 e 31 de maio, em São Paulo (HSBC Brasil), e de 30 de maio a 1° de junho, no Rio de Janeiro (Vivo Rio). Formam o line-up o cantor Bobby McFerrin, o pianista Ahmad Jamal, o contrabaixista Dave Holland, o saxofonista Kenny Garrett, o trompetista Chris Botti e o grupo Snarky Puppy. 

A casa de espetáculos paulistana recebe ainda a pernambucana SpokFrevo Orquestra, enquanto o palco externo do Auditório Ibirapuera sedia o já tradicional show gratuito de domingo, ao ar livre, com uma das atrações do festival, cujo nome será definido mais adiante, junto com a grade de programação e a data de início da venda de ingressos. 

O cantor Bobby McFerrin está no line-up junto com o pianista Ahmad Jamal, o contrabaixista Dave Holland, o saxofonista Kenny Garrett, o trompetista Chris Botti e o grupo Snarky Puppy
O cantor Bobby McFerrin está no line-up junto com o pianista Ahmad Jamal, o contrabaixista Dave Holland, o saxofonista Kenny Garrett, o trompetista Chris Botti e o grupo Snarky Puppy

Com o objetivo de expandir o projeto para novos territórios, o evento investe pela primeira vez em uma versão do evento fora do eixo Rio-São Paulo, com um show de Bobby McFerrin em Belo Horizonte, no Cine Theatro Brasil, em 3 de junho.

Sobre as atrações

Dono de uma técnica vocal impecável, Bobby McFerrin desembarca no Brasil com a turnê de seu último álbum, spirityoualluma homenagem ao seu pai, Robert McFerrin, importante barítono operístico de sua geração e um dos pioneiros do gênero spiritual. Improvisador virtuoso e original, o artista redefiniu o papel da voz humana com o sucesso Dont Worry, Be Happy, primeira canção interpretada a capella a atingir o topo da parada da Billboard. Com mais de 30 anos de carreira, McFerrin já superou a marca de 20 milhões de discos vendidos e continua a explorar a voz como instrumento principal de seu trabalho. O músico se apresenta no festival ao lado de um quinteto.

Um dos músicos favoritos de Miles Davis, o consagrado pianista Ahmad Jamal, que completa 85 anos no ano que vem, mostra as faixas de “Saturday Morning” (2013), seu disco mais recente, com composições de sua autoria, além de versões para músicas de Duke Ellington e Horace Silver. O americano se apresenta em formato de quarteto, com Reginald Veal, no baixo, Herlin Riley, na bateria, eManolo Badrena, na percussão.

Outro músico que integrou uma das formações mais marcantes de Miles Davis, na década de 60, Dave Holland está no rol dos maiores contrabaixistas do jazz. Ao lado do guitarrista Kevin Eubanks, do pianista Craig Taborn e do baterista Obed Calvaire, ele traz ao Brasil o seu mais novo trabalho, Prism, considerado pela crítica especializada um dos mais interessantes álbuns de fusion e jazz progressivo de 2013.

Ao longo de uma trajetória que ultrapassa mais de três décadas, o saxofonista Kenny Garrett tornou-se um dos mais proeminentes músicos de sua geração. Seja pelo trabalho realizado com grandes nomes, como o baterista Art Blakey, o pianista Herbie Hancock e o trompetista Miles Davis, ou à frente de seus próprios projetos, Garrett sempre imprimiu um som vigoroso, melódico e verdadeiramente distinto ao seu saxofone alto. Vencedor do Grammy de Melhor Album de Jazz Instrumental, em 2010, o músico mostra no festival o seu último trabalho, Pushing the World Away, com o seu quinteto.

O trompetista Chris Botti vem conquistando plateias em todo o mundo com o seu estilo único de jazz e é hoje o artista instrumental que mais vende discos nos EUA. O seu álbum mais recente, Impressions(2012), que traz participações de Vince Gill, Herbie Hancock, Mark Knopfler e David Foster, entre outros, levou o Grammy de Melhor Disco de Pop Instrumental no ano passado. Para além da carreira solo, Botti já gravou e tocou com grandes estrelas, como Frank Sinatra, Joni Mitchell e David Foster.

A big band Snarky Puppy mostra pela primeira vez no Brasil a sua sonoridade original e inovadora, que mistura jazz, funk e blues. Liderado pelo baixista Michael League, o grupo é uma das principais revelações da música instrumental contemporânea.

Composta por 17 integrantes, a SpokFrevo Orquestra representa a música brasileira no festival. Com a sua mistura de frevo e jazz, a banda recifense já ultrapassou as fronteiras nacionais com agenda de shows ao redor do mundo. No BMW Jazz Festival, o grupo apresenta as canções de seu novo disco, Ninho de Vespa, lançado no fim de 2013.    

“O BMW Jazz Festival já é reconhecido como um dos principais eventos do calendário nacional, o que é motivo de grande alegria para nós. Incentivar e fortalecer a cultura está no DNA da nossa marca. Nesta quarta edição, mais uma vez conseguimos reunir um grupo seleto e diversificado de artistas, que certamente agradarão entusiastas do gênero“, acredita Herlander Zola, diretor de marketing da BMW do Brasil.

Com patrocínio da BMW, o BMW Jazz Festival tem direção artística de Monique Gardenberg, da Dueto Produções, e curadoria assinada em conjunto pelo jornalista Zuza Homem de Mello, o músico e produtor musical Zé Nogueira e o produtor musical Pedro Albuquerque. 

Serviço

BMW Jazz Festival

São Paulo (SP): no HSBC Brasil, de 29 a 31 de maio, e no palco externo do Auditório Ibirapuera, no dia 01 de junho. 

Rio de Janeiro (RJ): no VIVO Rio, de 30 de maio a 01 de junho.

Belo Horizonte (MG): no Cine Theatro Brasil, no dia 3 de junho.

Tags: ahmad jamal, bmw jazz festival, bobby mcferrin, dave holland, kenny garrett

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.