Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Cultura

Cia. Mauricio de Oliveira & Siameses representa o Brasil em festival no México

Brasileiros apresentarão Objeto Gritante, que busca expor as razões do trabalho artístico

Jornal do Brasil

A Companhia de dança Mauricio de Oliveira & Siameses vai participar entre os dias 3 e 12 de abril do Red Noroeste Festival de Danza, no México. O evento, que passará por seis cidades, também vai contar com grupos de países como Espanha e Finlândia. Sediada em São Paulo, a companhia brasileira acumula nove anos de atividades e intensa agenda de apresentações. 

Na ocasião, os artistas vão apresentar o espetáculo Objeto Gritante, diretamente relacionado à questão do ofício do artista das artes cênicas, sua relação com o corpo e a utilização das máscaras sociais. A Siameses adentra o mundo das formas animadas, com a parceria de Duda Paiva, um dos grandes nomes do teatro de objetos europeu. Os bonecos foram construídos à partir do tema central, que é a projeção e a reflexão sobre as imagens que temos de nós mesmos e a localização da nossa solidão na sociedade. 

Companhia de dança tem nove anos de atividade e agenda de apresentações intensa
Companhia de dança tem nove anos de atividade e agenda de apresentações intensa

Seus artistas, de acordo com a companhia, são marcados pelas fortes correntes artísticas que atravessam a nossa época. Eles já ganharam alguns prêmios, como o Prêmio Bravo de Melhor espetáculo em 2012, Prêmio Melhor Bailarina APCA  para a integrante Marina Salgado em 2010, Prêmio de melhor produção nacional pelo guia da Folha de São Paulo 2010, Prêmio melhor espetáculo de dança 12º Festival Cultura Inglesa, Prêmio Denilto Gomes de melhor criação em dança de 2013 com o espetáculo Justine, entre outros.

A companhia trabalha com intensos exercícios diários de preparação corporal, na tentativa de ampliar suas referências de movimentos e permitir que os integrantes abarquem "mais informações no seu sistema corpo/mente", com maior habilidade estética e mais "qualidades sensíveis, cinéticas e expressivas". 

"O grupo visa manter sua constante busca pela reinvenção do seu vocabulário e aprimoramento de sua linguagem artística única ao mesmo tempo que expande sua atuação para um território mais amplo, levando sua linguagem singular a um número cada vez maior de pessoas, criando novas parcerias, possibilidades de interação e formação de público", diz a companhia.

Segundo Mauricio Oliveira, esta é a segunda vez que a Siameses leva sua performance para fora do Brasil. A primeira participação em festivais internacionais aconteceu em 2011, no Holland Dance Festival, na Holanda. Para o artista, as apresentações no México representam a oportunidade de mostrar as criações do grupo por percursos pouco comuns, já que os festivais que acontecem na Europa são os mais badalados do setor.

Tags: companhia, dança, festival, México, red noroeste

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.