Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Cultura

Banda Moinho e Marianna Leporace & Sheila Zagury se apresentam na Funarte

Shows gratuitos fazem parte do projeto Música no Capanema, realizado sempre às 18h30

Jornal do Brasil

A banda Moinho apresenta o show Gira Moinho, na Sala Funarte Sidney Miller, no Centro do Rio, nesta quarta-feira (26), às 18h30. Com entrada gratuita, a apresentação faz parte do projeto Música no Capanema, que oferece ao público grandes nomes do cenário musical brasileiro, de diversos estilos, toda quarta, quinta e sexta-feira. A programação é realizada pela Funarte, através do Centro da Música. Na quinta (27), Marianna Leporace e Sheila Zagury se apresentam e, na sexta, (28) é a vez do Cidade Negra.

Formada por três veteranos da música pop brasileira, a cantora Emanuelle Araújo, a percussionista Lan Lan e o guitarrista, violonista e arranjador Toni Costa, a banda Moinho foi concebida em meio à efervescência do bairro da Lapa, a partir da última década. Motivadas pelo resgate do samba de raiz carioca, as baianas Emanuelle Arajo e Lan Lan se uniram ao carioca Toni Costa, para inserir os sambas da Bahia no rico cenário musical da Lapa. Sem preconceitos, a Moinho funde influências de diferentes culturas nacionais. 

Banda Moinho toma o palco da Sala Funarte nesta quarta-feira. No dia seguinte é a vez da apresentação da cantora Marianna Leporace com a pianista Sheila Zagury
Banda Moinho toma o palco da Sala Funarte nesta quarta-feira. No dia seguinte é a vez da apresentação da cantora Marianna Leporace com a pianista Sheila Zagury

A banda transita com desenvoltura por obras de compositores diversos, como Caymmi e Luiz Caldas. “Eles são aparentemente diferentes mas, no fundo, são partes complementares de uma história só”, dizem os componentes do grupo, cuja obra reafirma e atualiza a força de clássicos da memória musical e da identidade popular da Bahia, mas com um toque cosmopolita, urbano, atual e boêmio. A proposta da Moinho é de um som pop, sem “subterfúgios visuais”, trabalhado com cuidado e esmero, mas com um ar despretensioso. É com esse espírito que a banda tem feito contínuas temporadas em casas do Rio de Janeiro e também nas ruas de Salvador.

Emmanuelle Araújocanta e dança desde criança. Atriz, atuou em peças de teatro, musicais, cinema e em várias novelas da TV Globo. Participou de vários grupos da música popular brasileira incluindo a Banda Eva. Já Lan Lan, pioneira como mulher percussionista no Brasil, influenciou o trabalho de muitas mulheres no cenário musical. Nacionalmente conhecida, por compor a percussão de Cássia Eller, tocou com nomes como Marisa Monte, Tim Maia, Elba Ramalho, Carlinhos Brown, David Byrne e Cyndi Lauper. Ganhou prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), pelo CD solo Com ela. Toni Costa, por sua vez, guitarrista, violonista e arranjador de importantes nomes da MPB, como Caetano Veloso, Morais Moreira, Adriana Calcanhoto, Gal Costa, tem uma fusão de múltiplas influências.

O show de amanhã (27) fica por conta da cantora Marianna Leporace com a pianista Sheila Zagury, que se encontraram em 1999, quando juntas montaram um show e um CD, no ano 2000, com as músicas para espetáculos de teatro e dança, compostas em parceria por Edu Lobo e Chico Buarque, com participações dos autores. O disco foi sucesso de critica e público e o show percorreu o Rio de Janeiro e outros estados. A dupla teve, ainda, músicas incluídas na série de CDs Compasso Samba e Choro, feita a partir de shows, realizados no Paço Imperial.

Agora, doze anos depois do seu último show, a dupla se junta novamente para o relançamento desse projeto. São Bonitas as Canções faz um passeio musical e teatral pelas parcerias de Edu Lobo e Chico Buarque, em obras para espetáculos como O Grande Circo Místico, A Dança da Meia Lua e O Corsário do Rei. Nesta retomada, serão incluídas duas músicas do espetáculo Cambaio que não existia quando o CD foi lançado. O show recebeu a direção cênica de Fernando Sant’Anna, textos e roteiro de Luiz Fernando Vianna, figurinos de Kika Medina e Flavio Loureiro completa a equipe cuidando da identidade visual do trabalho. Além de Sheila e Marianna, o show recebe as participações especiais de Fernando Leporace (baixo) e Luisinho Sobral (bateria). A apresentação dura 1h20 e a classificação etária é livre.

Marianna Leporace, com nove CDs lançados (dois deles também no Japão), lançou recentemente seu décimo álbum, intitulado Interior, com a participação de João Bosco – obra pré-selecionada para o Prêmio da Música Brasileira 2012. A cantora também já teve em seus projetos as participações de Chico Buarque, Edu Lobo e Ivan Lins. Também já dividiu o palco com nomes como Ivan Lins, Elba Ramalho, Tunai, Zé Renato, Zé Rodrix, Geraldo Azevedo, Marcel Powell, Claudio Lins, Yuri Poppof e Arthur Verocai, entre muitos outros. Foi citada no livro Rio Bossa Nova do escritor Ruy Castro (2007) e teve a faixa Tororó, do CD São Bonitas as Canções, incluída na recém lançada caixa de Chico Buarque, Essencial (2008). É integrante do trio vocal Folia de 3, ao lado das cantoras Cacala Carvalho e Eliane Tassis, e apresenta ao lado de Ricardo Brito o programa musical Encontros, na Rádio Roquette-Pinto (RJ), às quartas-feiras.

Sheila Zagury estudou piano erudito com Hermínia Roubaud, Maria Helena de Andrade e Daisy de Lucca, no Brasil e, na França, com Victoria Melki, na Escola de Música Alfred Cortot. Teve aulas de Piano Popular com Antônio Adolfo, Tomás Improta, Luiz Eça, e Leandro Braga, entre outros. Fez Bacharelado em Piano na Escola de Música da UFRJ, além de Licenciatura em Música e Mestrado em Musicologia pela UniRio. 

Como professora de piano e harmonia, trabalhou no Centro Musical Antônio Adolfo. Atualmente, é professora da Escola de Música da UFRJ e cursa o doutorado na Unicamp (SP). Acompanhou artistas como Lulhi & Lucina, Eduardo Dussek, Angela Ro Ro, Marianna Leporace e Neti Szpilman. Foi membro titular da Rio Jazz Orchestra, por oito anos e já se apresentou em famosas casas de shows do Rio de Janeiro, como o Jazzmania, o Rio Jazz Club, o Canecão, o Mistura Fina, a Sala Baden Powell e o Allegro Bistrô (na antiga Modern Sound) e em vários espetáculos musicais de teatro adulto e infantil. 

Ela mantém duos com a saxofonista e flautista Daniela Spielmann, há 10 anos, e com o gaitista José Staneck há 15 anos – com quem fez, recentemente, vários concertos dedicados à música erudita para gaita e, ainda, à obra de Astor Piazzolla –, em espaços como o Ibam e a Sala Baden Powell . É pianista e diretora musical da banda de Marianna Leporace desde 2006. Faz parte da Orquestra de Bicicletas Cyclophonica e da Orquestra Lunar, atuando nas casas mais conhecidas da Lapa, como o Rio Scenarium, o Centro Cultura Carioca, Clube dos Democráticos e o Estrela da Lapa. Faz parte também do grupo Zemer, voltado para a música tradicional judaica.

Música no Capanema

Sala Funarte Sidney Miller

Palácio Gustavo Capanema

Rua da Imprensa nº 16, térreo

Centro – Rio de Janeiro (RJ)

Realização

Fundação Nacional de Artes – Funarte / Centro da Música

Programação de 26 a 28 de março

26/03 – Moinho – Gira Moinho

27/03 – Marianna Leporace & Sheila Zagury - São bonitas as canções

28/03 – Cidade Negra - Hei Afro!

Mais informações

Cemus /Funarte - (21) 2279 8601

Sala Funarte – Bilheteria: (21) 2279 8087

Tags: funarte, gratuito, leporace, moinho, show

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.