Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Cultura

Cinema brasileiro tem presença forte em três competições internacionais

Agência Brasil

Mais de 60 filmes brasileiros estarão nos próximos dias nas programações de três eventos cinematográficos internacionais: o Festival de Guadalajara, no México; o Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, em Lisboa, Portugal; e o Programa Cinema em Construção, em Toulouse, na França. De acordo com nota divulgada hoje (19) pela Agência Nacional de Cinema (Ancine), 11 desses filmes – sete longa-metragens, dois curtas e dois filmes em fase de pós-produção – têm presença nos eventos viabilizada pelos programas de apoio da agência.

O  29º Festival Internacional de Cinema de Guadalajara, que será aberto na próxima sexta-feira (21), selecionou três filmes brasileiros para a competição de longas-metragens ibero-americanos de ficção, um para a competição de longas ibero-americanos documentários e seis para a Competição de curtas.  Sete representantes de produtoras brasileiras independentes também participarão do Guadalajara Film Market, evento de mercado que acontece no âmbito do festival.

Em Guadalajara, o programa da Ancine auxilia a participação dos longas O Lobo Atrás da Porta, de Fernando Coimbra, Hoje eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, e O Homem das Multidões, de Marcelo Gomes e Cao Guimarães. Já para a competição de curtas, o programa concedeu apoio financeiro aos filmes Brasil, de Aly Muritiba, e Os Irmãos Mai, de Thais Fujinaga. O documentário Sopro, de Marcos Pimentel, também foi contemplado pelo programa.

Ainda neste mês, nos dias 27 e 28, os filmes Ausência, de Chico Teixeira, uma coprodução Brasil-Chile-França, e Beira Mar, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, participarão do Cinema em Construção, programa de apoio à finalização de filmes, realizado em parceria entre os festivais Cinelatino – Encontros de Toulouse (França) e San Sebastián (Espanha).

Já no  5º FESTin – Festival de Cinema Itinerante de Língua Portuguesa, são brasileiros seis dos dez concorrentes na competição de longas-metragens, 12 entre os 23 indicados na competição de curtas e cinco dos sete integrantes da maratona competitiva de documentários. O FESTin será de 2 a 9 de abril, na capital portuguesa.

Quatro longas-metragens inscritos neste festival receberão apoios do programa da Ancine: A memória Que me Contam, de Lucia Murat; e Elena, de Petra Costa, na competição principal; e Arte de Interpretar - A Saga da Novela Roque Santeiro, de Lúcia Abreu, e Cidade de Deus, 10 Anos Depois, de Cavi Borges e Luciano Vidigal, na maratona de documentários. 

 

Tags: artes, brasil, cinema, exibição, participação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.