Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Cultura

"Vai ser a mesma pegada", diz Bell Marques sobre nova banda

Portal Terra

No Carnaval que marca sua despedida do Chiclete com Banana, Bell Marques, 61 anos, conversou com o Terra antes de puxar o bloco Nana Banana, que ele também deve deixar a partir da Quarta-feira de Cinzas. "O Nana é um bloco 100% criado por mim, do nome ao projeto, e foi o primeiro bloco a desfilar nacionalmente”, afirmou. “[Mas] as coisas vão desmoronando e essa é a parte dolorosa”.

Nem tudo, porém, é dor para o chicleteiro. Sobre o começo de seu novo projeto solo, a banda Vambora, ele é um misto de felicidade e antecipação. "É uma expectativa tensa. Apesar de ser uma banda preparada, qualquer pessoa estaria tensa. Mas a reação do público não será contrária", diz, esperançoso. A Vambora tem estreia no Carnaval baiano marcada para a próxima terça-feira (4), um dia depois da última apresentação de Bell com o Chiclete com Banana. E a música de abertura já foi escolhida: será Ave Maria. "Eu não sabia o que cantar então resolvi escolher uma música da humanidade", disse. 

Sobre o novo som, ele não faz mistério. "Vai ser a mesma pegada, com uma levada forte da guitarra e com músicas alegres. Essa é minha história. Só vai mudar de nome. A bandana e a barba vão ficar". A verdadeira novidade ficará por conta de um trio de violino e violoncelo que tocarão junto com o bloco Vambora. “Minha história é do rock. Não tive essa ideia do nada. Tirei isso das grandes bandas inglesas. A terça-feira vem pesada". 

Tags: Bahia, chiclete, desfile, despedida, marques

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.