Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

Cultura

Festival de Sanremo tem terceira noite agitada

Agência ANSA

A terceira noite de apresentações no Festival de Sanremo foi marcada por variedade nas apresentações e um flash mob inesperado. Apesar das surpresas, a audiência do festival ainda está abaixo do esperado. A média de audiência da noite foi de mais de sete milhões de espectadores, com 34,93% do share, uma das mais baixas da história do programa. Já os competidores estão com muita expectativa para as noites finais do evento. A eleição dos telespectadores - que corresponde a 25% da nota final - colocou, até o momento, Francesco Renga no primeiro lugar da competição. Arisa, Renzo Rubino, Perturbazione e Raphael Gualazzi fecham os cinco melhores colocados até o momento na escolha popular.

    Um dos anfitriões da noite, Renzo Arbore, falou para a ANSA que se divertiu muito durante sua apresentação de ontem. "Me diverti e me emocionei no palco do teatro Ariston. Agradeço a Fabio Fazio pelo belíssimo convite para estar aqui nessa noite, celebrando minha carreira na televisão", declarou o artista. Voltando pela segunda vez ao evento, a artista Luciana Littizzetto afirmou que esse momento é o melhor. "É como fazer amor com um homem pela segunda vez: é sempre melhor que a primeira", destacou Littizzetto. Ela estava ao lado de um dos apresentadores e organizadores de Sanremo, Fabio Fazio, durante uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (21). Fazio aproveitou o momento para rebater as críticas ao evento.

    "Defendo a qualidade das escolhas que fizemos. Tivemos pela primeira vez a presença do Ligabue no festival. E também de Damien Rice, Arbore: como podemos considerá-lo ultrapassado?", declarou. Ele ainda aproveitou para falar que as escolhas que foram feitas seguiram o dinheiro disponível que tinham para o evento. "Não é que não pensamos em escolhas internacionais, mas se trata de estrelas que possuem calendários, requisições. Agora é um momento de crise e fazer um Festival com um orçamento pequeno para mim é um valor. Se tivéssemos gastado mais, teríamos que dar explicações aos contribuintes", afirmou. Um dos nomes que foram procurados para o evento foi o da primeira-dama americana, Michelle Obama. Entre os críticos a que Fazio se referia, está um conselheiro de administração da RAI, Antonio Verro, que declarou que o festival estava "lento e monótono".

Tags: eleição, espectador, evento, festival, frequência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.