Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Cultura

Integrantes do Pussy Riot são liberadas em Sóchi

Agência ANSA

As integrantes do grupo Pussy Riot foram liberadas pelos policiais russos. Nadezhda Tolokinnikova e Maria Alyokhina estavam sendo acusadas por roubo no hotel onde estavam hospedadas. Segundo um porta-voz da polícia de Sóchi, "o interrogatório foi concluído sem que os policiais encontrassem provas para acusar as duas interrogadas". 

As integrantes da banda informaram que foram detidas enquanto passeavam pela cidade. Elas utilizaram suas contas de Twitter para informar sobre sobre a prisão. Tolokhonnikova postou em sua conta que "no momento em que fomos paradas, não estávamos fazendo nada. Estávamos simplesmente passeando por Sóchi". 

Já Nadezhna deu detalhes de sua detenção."Em dois dias, ficamos 20 horas na delegacia de polícia. Assim é Sóchi", declarou. Segundo ela, essa é a terceira vez que são paradas pelos policiais.

O problema com a polícia não foi o primeiro caso das jovens. Ambas ficaram presas por cerca de dois anos por protestar contra o presidente Vladimir Putin. 

Tags: banda, Inverno, jogos, libertação, russa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.