Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Cultura

Shirley Temple, garota prodígio de Hollywood, morre aos 85 anos

Portal Terra

Aos 85 anos, Shirley Temple morreu em casa, na Califónia, de causas naturais nessa segunda-feira (10), segundo informações divulgadas hoje pela BBC. "Ela estava cercada por familiares e cuidadores. Nós a saudamos por uma vida de notáveis realizações como atriz, como diplomata, e ... nossa querida mãe, avó [e] bisavó”, disse um comunicado.

Shirley foi a maior estrela infantil da década de 1930 e também é considerada a mais famosa de todos os tempos. Ela começou a ter aula de dança aos três anos de idade e foi contratada para participar de uma série de curtas chamada Baby Burlesks, que parodiava estrelas e astros adultos, inclusive Marlene Dietrich.

Shirley Temple foi a maior estrela infantil da década de 1930
Shirley Temple foi a maior estrela infantil da década de 1930

Nessa época, atuou também em filmes, incluindo Little Miss Marker, Change of Heart, Now I'll Tell, Now and Forever e Bright Eyes (famoso pela música que cantou On The Good Ship Lollipop). 

Com apenas 6 anos, ela ganhou um Oscar especial -  uma mini-estatueta simbólica por sua contribuição ao cinema.

O presidente norte-americano Franklin D. Roosevelt chegou a agradecê-la por "ter feito a América atravessar a Grande Depressão com um sorriso".

Shirley foi campeã de bilheteria de 1935 a 1938, mas depois de adulta não seguiu com o mesmo sucesso. Ela encerrou sua carreira no cinema em 1949.

Em 1967, se candidatou ao cargo de representante do estado da Califórnia no congresso norte-americano, mas não foi eleita.

Temple se tornou diplomata, foi delegada junto às Organizações Nações Unidas (ONU) em 1969 e 1970, embaixadora americana em Gana (1974-1976), entre outros trabalhos.

A artista produziu duas obras autobiográficas sobre sua infância: My Young Life e Child Star.

Vida pessoal

Nascida em Santa Mônica, Temple casou-se aos 17 anos com o soldado que se tornou ator, John Agar (1921-2002), e juntos tiveram uma filha, em 1948, Linda Susan Agar. 

Em 1949, eles se separaram e um ano depois Shirley oficializou sua união com o executivo Charles Alden Black (1919-2005), com quem teve dois filhos: Charles Alden Black Jr., em 1952, e Lori Black, 1954. 

Eles ficaram casados até a morte de Charles, aos 86 anos. 

Tags: atriz, cinema, estrela, EUA, morte, Temple

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.