Jornal do Brasil

Cultura

Semana NY: Vilões da Disney entram no jogo

Jornal do Brasil IESA RODRIGUES, Especial para o JB

Já que está um tanto difícil lançar e convencer com a moda nova, apela-se para um toque de fantasia para animar as semanas de desfiles. Claro que a melhor ideia tinha que ser americana, vindas do país que consagrou o cinema, os smartphones, a black music, o rock, tantas manifestações de criatividade pop.

A proposta da vez vem da Disney _ de onde mais poderia ser? _ que convocou a dupla Phillipe Blond e David Blond, estilista e diretor criativo respectivamente da The Blonds para inventarem looks baseados nos vilões mais famosos. Cruela DeVil (101 Dálmatas), Malévola (Bela Adormecida e Malévola), Rainha Má (Branca de Neve) e Rainha de Copas (Alice no País das Maravilhas), Ursula e seus capangas (Pequena Sereia) e Dr. Facilier (Princesa e o Sapo) foram as inspirações para a coleção Disney Villains que desfilou na semana de Nova York. No elenco, entre modelos profissionais, estava Paris Hilton.

Se estas roupas fantásticas parecem mais figurinos para as personagens dos tapetes vermelhos, há a prova de que tudo leva a boas vendas no final: a partir desta série de plumas e brilhos sai a coleção cápsula assinada por Lauren Moshi.

Acabou o show, as 20 peças estavam disponíveis no site da grife californiana, que garante confeccionar toda a produção em solo americano. São camisetas, leggings, básicos, com preços à altura dos que são praticados nos parques da Flórida: a partir de US$ 125 até acima dos US$ 1.000 veste-se uma estampa de Malévola sobre a malha da t-shirt.



Recomendadas para você