Jornal do Brasil

Cultura

Uma casa digital para crônicas imortais

Instituto Moreira Salles e Fundação Casa de Rui Barbosa lançam portal com a compilação de 2.527 textos de seis autores

Jornal do Brasil AFFONSO NUNES, affonso.nunes@jb.com.br

Amada pelos leitores mas nem sempre vista com bons olhos por alguns representantes da intelectualidade, a crônica é um dos gêneros literários mais lidos no Brasil. Aproveitando-se de possuir em seus acervos cerca de 15 mil textos de grandes nomes do gênero, a Fundação Casa de Rui Barbosa e o Instituto Moreira Salles (IMS) uniram-se para lançar o Portal da Crônica Brasileira, um site criado para tornar-se a casa dos grandes nomes do estilo.

Na fase inicial, o espaço virtual reúne 2.527 trabalhos de Antônio Maria, Clarice Lispector, Otto Lara Resende, Paulo Mendes Campos, Rachel de Queiróz e Rubem Braga, publicados em vários jornais brasileiros desde os anos 1950. Lispector e Paulo Mendes Campos, inclusive foram cronistas do JORNAL DO BRASIL.

“O projeto nasce do desejo de revigorar páginas que chegavam aos leitores em periódicos diversos nos anos 50 e 60 quando a crônica teve sua fase mais prodigiosa”, explica Elvia Bezerra, coordenadora de literatura do IMS. A cerimônia de lançamento do site será hoje, às 19h, na sede do Instituto Moreira Salles, na Gávea. Haverá bate-papo com Humberto Werneck e Sérgio Rodrigues e leitura dos textos feitas pela atriz Ana Carina, pelo diretor teatral Bruno Lara Resende (filho de Otto) e do ator Daniel Braga (neto de Rubem).

Facilidades de busca

Com formato responsivo, que se adapta à leitura em tablets ou smartphones, e várias opções de busca (por autor, publicação, data e tema), o portal surge para dar visibilidade a trabalhos cujos autores nem sempre se preocuparam em preservar suas criações. É o caso de Antônio Maria. O jornalista pernambucano, que radicou-se no Rio em 1948, escreveu suas primeiras crônicas ainda no Recife e manteve-se fiel ao gênero até o ano de sua morte, em 1964. Foi locutor esportivo, apresentador de TV e compositor mas jamais guardou as crônicas escritas para “Revista da Semana”, “Manchete”, “O Jornal”, “O Globo”, “Última Hora” e “Diário da Noite”.

“O material está digitalizado em etapas e sendo incorporado ao portal aos poucos”, afirma Marta de Senna, presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa, acrescentando que nomes como Carlos Drummond de Andrade, Nelson Rodrigues, Lima Barreto e Fernando Sabino deverão ser adicionados ao site em breve.

Tradicional nos jornais franceses, a crônica chega ao Brasil em 1852 trazida por Francisco Otaviano. Em seu rastro viriam nos anos seguintes nomes como José de Alencar, Machado de Assis, Raul Pompéia e Joaquim Manuel de Macedo, que vislumbraram a possibilidade de fazer um dinheiro extra, colaborando com os jornais face às dificuldades de se viver da venda de livros no Brasil do século XIX. Se Machado de Assis foi uma das mais importantes referências do gênero, o estilo foi se renovando nos anos 1950, quando autores como Rubem Braga, Manuel Bandeira, Drummond, Fernando Sabino e Paulo Mendes Campos exploraram o lado poético e lírico de fatos do cotidiano, aproximando ainda mais autores e leitores.

Na primeira página do portal sempre existe uma crônica diferente do acervo em destaque, mas a programação não é feita de forma randômica e sim movida por critérios editoriais que de uma certa forma se relacionem a temas na ordem do dia, permitindo uma visão de autores de um passado não muito distante dos assuntos atuais.

Outra novidade será a disponibilização das crônicas em arquivos de áudio, o que permitirá acesso de deficientes visuais ao conteúdo do portal. A primeira crônica a ser liberada neste formato será “Meu ideal seria escrever”, de Rubem Braga, que será interpretada pelo poeta e professor Eucanaã Ferraz. Para cada autor é dedicado ainda um perfil crítico e vasta cronologia produzidos por Humberto Werneck, que também assinará uma coluna regular no site, a Rés do Chão, que aborda o gênero. O endereço web do Portal da Crônica Brasileira é https://cronicabrasileira.org.br/.

--------

SERVIÇO

LANÇAMENTO DO PORTAL DA CRÔNICA BRASILEIRA

Instituto Moreira Salles (Rua Marquês de São Vicente, 476 – Gávea; Tel.: 3284-7400) - Hoje, às 19h - Entrada franca



Recomendadas para você