Jornal do Brasil

Terça-feira, 17 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Esportes - Copa do Mundo

"Me senti à vontade. O pé tá tranquilo", diz Neymar

Craque deu entrevista à CBF TV e garantiu: 'Estamos indo para vencer e jogar muito bem'

Jornal do Brasil

O atacante Neymar deu uma rápida entrevista para a CBF TV, nesta quarta-feira (20), antes de embarcar para São Petesburgo, e afirmou que as dores no tornozelo não o incomodam mais. O atacante falou também sobre a expectativa do jogo com a Costa Rica, sexta-feira, pela Copa da Rússia.

"A expectativa é grande para o segundo jogo. A gente espera fazer um jogo muito melhor do que foi a estreia e queremos vencer. Estamos indo para vencer e jogar muito bem. Treinei bem, me senti à vontade e o pé tá tranquilo", disse.

Neymar falou ainda sobre a preparação para sexta-feira. "Tite vai nos passar sobre o adversário. Hoje o treino foi mais para nós do que para o próprio adversário. A gente vai analisar tudo para ver a melhor forma de vencê-los."

Treino

A seleção brasileira treinou com a presença de Neymar nesta quarta-feira, em Sochi. O atacante havia sido poupado da atividade da terça por ter sentido dores no tornozelo direito, porém, como havia programado a comissão técnica, conseguiu repousar e integrar o trabalho comandado pelo técnico Tite no campo de treinos da seleção, na última atividade antes da viagem para São Petersburgo, onde encara a Costa Rica pela Copa do Mundo na sexta.

A CBF divulgou imagens do treino nas redes sociais. Toda a movimentação foi sem a presença dos jornalistas. Neymar trabalhou com a mesma proteção no tornozelo direito que tem utilizado durante a preparação para a Copa da Rússia e integrou o grupo em todo a atividade. Tite organizou a tática para o jogo com a Costa Rica, na sexta-feira, e vai finalizar a preparação com um outro treino na quinta, já no estádio onde a partida será realizada.

Na terça-feira, Neymar saiu mais cedo do treino da seleção. O atacante sentiu o tornozelo durante o aquecimento, uma roda de bobinho com os demais titulares. As dores fizeram o camisa 10 fazer careta, reclamar e sair de campo irritado. No caminho até o vestiário, ele chutou uma bola para longe e deixou o gramado mancando, sob a companhia do fisioterapeuta da seleção Bruno Mazziotti.

A comissão técnica explicou que o problema no tornozelo direito de Neymar não tem ligação com a cirurgia no pé direito realizada em março para corrigir uma fratura. O problema atual é apontado como fruto de faltas recebidas na estreia da seleção na Copa do Mundo, o empate em 1 a 1 com a Suíça, em Rostov. De acordo com as estatísticas da partida, o atacante sofreu dez faltas dos suíços.

A seleção tem se preocupado com o estado físico de Neymar, assim como o grande volume de faltas que ele recebe. Apesar de a recuperação da cirurgia ser considerada um sucesso, o técnico Tite admite que o jogador só estará na plenitude de forma física a partir das oitavas de final da Copa do Mundo.

Com Estadão Conteúdo



Tags: copa, entrevista, jogo, lesão, neymar, rússia, torzonelo

Compartilhe: