Jornal do Brasil

Sexta-feira, 20 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Esportes - Copa do Mundo

Acompanhe minuto a minuto Rússia X Egito

Jornal do Brasil

SÃO PETERSBURGO - Estrelas como Messi, Neymar e Luis Suárez decepcionaram na estreia. Só mesmo Cristiano Ronaldo brilhou na intensidade que se espera de um craque. Mohamed Salah sequer jogou, e assistiu atônito, do banco de reservas, à derrota no fim para o Uruguai. O gol tardio de Giménez deixou o Egito contra a parede para enfrentar, hoje, a anfitriã Rússia, às 15h, em São Petersburgo. 

Para seguirem vivos na Copa do Mundo, os egípcios enfim contarão com seu maior craque, conforme anunciado ontem pelo próprio Salah em suas redes sociais. “Pronto para amanhã (hoje). Cem milhões de fortes”, publicou. O técnico Héctor Cúper praticamente garantiu a presença de Salah na partida de hoje. Cúper, no entanto, lembrou que fez previsão semelhante na primeira rodada, e seu camisa 10 não se recuperou a tempo de estar em campo. “Ele está pronto, mas achava que estaria preparado para entrar contra o Uruguai. Temos que fazer os testes de última hora. Espero que esteja apto a jogar. Sou otimista. Acho que está”, acredita Cúper.

>> Acompanhe minuto a minuto

A seleção russa precisa de uma simples vitória para se aproximar da classificação às oitavas de final. Antes uma incógnita, o país-sede quebrou o gelo e se encheu de confiança após a goleada de 5 a 0 sobre a fraca Arábia Saudita. Dzagoev está fora por conta da lesão na coxa que sofreu no primeiro tempo da estreia. A tendência é que o meia só volte em um eventual mata-mata. Apesar do importante desfalque, a Rússia terá Cheryshev em alta, já que o jogador do Villarreal marcou dois golaços após sair do banco de reservas. Na véspera da partida, a maioria das perguntas para o treinador Stanislav Cherchesov e para o goleiro e capitão Akinfeev se voltou para o craque do adversário. A dupla evitou transparecer qualquer medo em relação a Salah.

“Estudamos cada time e toda seleção tem jogadores com características especiais, que precisam de atenção. O Egito tem o Salah. Mas não vamos enfrentar só um jogador, temos que nos preparar para todo um time. Vocês verão isso”, declarou Cherchesov. Além de minimizar o retorno do atacante do Liverpool, Akinfeev cobrou uma maior valorização da equipe russa. “Temos que prestar atenção primeiro no time da Rússia. Temos os nossos próprios jogadores, nossas forças. Eles têm outros 20 e poucos jogadores. Veremos o que acontecerá no resultado final”, disse o goleiro.



Tags: copa, egito, futebol, jogo, mundial, rodada

Compartilhe: