Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Colunistas - Comunidade em pauta

Ofensas de Blatter ferem nossa imagem

Somos muito mais que um país de samba, música e futebol

Jornal do BrasilDavison Coutinho

As declarações preconceituosas do presidente da Fifa, de que as manifestações ocorridas no Brasil na quinta-feira seriam culpa do governo, por não ter cumprido promessas feitas à população, ferem a imagem do nosso país.

"Os brasileiros estão um pouco insatisfeitos... Muita coisa foi prometida a eles...", disse Blatter, que citou ainda o ex-presidente Lula, afirmando que seus projetos “não foram adiante”. "Lula, quando era presidente, prometeu a melhoria do país. Mas, para isso, é preciso a vontade de todos, a vontade do povo para trabalhar", acrescentou.

Com estereótipos preconceituosos, ele continua desfiando baboseiras, afirmando que depois que a bola rolar em campo as manifestações irão parar e todos vão entrar no clima de futebol, samba e música. 

Davison Coutinho
Davison Coutinho

Desta forma, ele apresenta sua visão sobre nós, brasileiros, classificando-nos como gente que não gosta de trabalhar e que vive sambando, dançando e jogando futebol. Faltou pouco para tocar no assunto da prostituição. Infelizmente, esse é o olhar dele e de muitos que vêm ao Brasil se divertir na Copa, enquanto muita gente vive na miséria e no descaso.

Para quem conhece as favelas do Rio de Janeiro, os subúrbios, e toda a pobreza e miséria ainda enfrentada por tantas famílias em todo o país, jamais concordaria em gastos bilionários com futebol. Afinal, para qual estádio vamos levar os doentes? Em qual estádio vão estudar nossas crianças? A nossa luta é pelos nossos direitos, e com futebol ou não, vamos às ruas pela busca da cidadania.

Tags: . ofenxsas, blatter, coluna, comunidade, davison

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.