Jornal do Brasil

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Colunistas - Comunidade em pauta

Rocinha repudia declarações do secretário da Fifa

Jornal do BrasilDavison Coutinho*

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, mais uma vez, fez críticas ao nosso pais e ao nosso povo. Críticas e comparações severas: "Não apareça pensando que é Alemanha". E não é mesmo! Temos orgulho de nossa cultura, de nossas histórias, nossa garra e de nosso privilégio de ter a natureza como cenário maior de nossas vidas. 

Me admira ele ter tanto apreço pela Alemanha, país que fez arrebentar a Segunda Guerra e invadiu a França, país de origem do secretário-geral da Fifa. 

Davison Coutinho
Davison Coutinho

Um indivíduo como esse, que está sempre criticando nosso país e nossa cultura com um pensamento preconceituoso, deveria ser era proibido de pisar no Brasil. Infelizmente, vai ser recebido por toda corja que está por trás da Copa, Copa esta que não é do povo brasileiro e, sim, dos grandes marqueteiros, empresas e políticos que exploram a nossa nação. 

Valcke não reclama dos mais de 4 bilhões de dólares que a Fifa vai faturar em cima deste povo. Valcke, para você, segue um " chute no traseiro", meu e das nossas favelas, assim como o que você desejou ao Brasil. Não queremos Copa. Enquanto vocês vão se divertir e lucrar as nossas custas, gastando o nosso dinheiro, nossas favelas continuam vivendo na miséria, no descaso.

* Davison Coutinho, 24 anos, morador da Rocinha desde o nascimento. Bacharel em desenho industrial pela PUC-Rio, Mestrando em Design pela PUC-Rio, membro da comissão de moradores da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, professor, escritor, designer e liderança comunitária na Comunidade, funcionário da PUC-Rio.

Tags: comunidade, Coutinho, davison, pauta, rocinha

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.