Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Colunistas - Comunidade em pauta

Rocinha: moradores continuam pisando no esgoto e convivendo com o lixo

Jornal do BrasilDavison Coutinho

As redes sociais dos moradores da Rocinha e as páginas de mídia comunitária continuam postando diariamente reclamações e indignações com o problema do saneamento básico dentro da comunidade. São inúmeros os esgotos estourados que correm com água suja por todas as ruas, causando um grande transtorno e colocando em risco a saúde do morador.

A revolta é grande, e os moradores tem uma frase quase que única “Meus avós, meus pais, eu e meus filhos continuamos pisando na m., a Rocinha continua sem saneamento básico, e o Governo quer nos enfiar esse teleférico”.  

Os “chafarizes de esgoto” como foram apelidados pelos moradores estão por toda a parte, se misturando com o outro grande problema da comunidade que é a quantidade de lixo espalhado. A Comlurb se comprometeu em apresentar um novo projeto de retirada de lixo, mas como sempre continua deixando as prioridades da Rocinha de lado.

Davison Coutinho
Davison Coutinho

É impossível visitar a Rocinha e sair sem se assustar e recordar de duas imagens que, infelizmente, sobressaem na comunidade: o lixo e o esgoto. Estamos em 2014 e ainda vivemos em um local destruído. É inaceitável que com tantos “investimentos” do PAC nós temos que continuar morando em um local tomado por lixos, valas, ratos e doenças.

Fico me perguntando o tamanho da cara de pau do governo em exibir em rede nacional as diversas propagandas mentirosas sobre as comunidades. Tudo não passa de uma farsa, os problemas continuam os mesmos que os nossos antigos moradores enfrentaram. Entra e sai governo e os problemas continuam, é o lixo, esgoto, transporte de péssima qualidade, faltam oportunidades para os jovens, moradias insalubres, falta de saneamento básico e saúde, entre diversos outros descasos. 

Aguardamos soluções que respeitem a vida do morador, que priorize as nossas demandas e que sejam pensadas em longo prazo. 

A Rocinha pede paz e respeito!

Davison Coutinho, 24 anos, morador da Rocinha desde o nascimento. Bacharel em desenho industrial pela PUC-Rio, Mestrando em Design pela PUC-Rio, membro da comissão de moradores da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, professor, escritor, designer eliderança comunitária na Comunidade, funcionário da PUC-Rio.

Tags: comunidade, davison, pauta, Rio, rocinha

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.