Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Colunistas - Comunidade em pauta

Promessa cumprida na Rocinha: governo troca polo de educação por delegacia

Jornal do BrasilDavison Coutinho

A fama dos políticos sempre foi de prometer e não cumprir, desta vez a situação foi diferente, o nosso governador Sr. Sérgio Cabral prometeu e cumpriu: removeu um polo de educação, que oferecia a oportunidade da educação para jovens e adultos da comunidade, com ensino EJA, pré vestibular e ensino superior, e deu prioridade à instalação de uma delegacia policial no local.

Com muita revolta entre os moradores, a delegacia foi inaugurada no último dia 21 pelo governador. O objetivo é oferecer maior segurança aos moradores, no entanto, a delegacia já foi recebia nos primeiros dia com diversos tiroteios dentro dos becos e vielas, o que prova que a insegurança continua fazendo parte da vida dos moradores.

Davison Coutinho
Davison Coutinho

Embora o direito à educação seja garantido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990, pela Constituição de 1988, e pela Lei de Diretrizes Bases da Educação de 1996, ele vem sendo completamente violado pelo Estado nas favelas do Rio de Janeiro. O ano acabou, a delegacia foi inaugurada, o governador e vice aproveitaram para sair bem na foto e reforçar a campanha que se aproxima. A educação foi esquecida e enquanto isso os alunos do CEDERJ estão estudando dentro das precárias salas do CIEP Ayrton Senna que é uma péssima referência na educação de nossos jovens.

O resultado de toda essa patifaria é que muitos dos alunos do polo desistiram de estudar pela má instalação e indignação com a ação do governo. As salas foram reduzidas, laboratórios prejudicados, não há conexão com internet, entre outras diversas reclamações. 

A promessa é que o polo ganhará uma nova sede no estacionamento do complexo esportivo da Rocinha, o problema é que o complexo foi construído em cima de um valão e quando chove se transforma em uma extensão do valão da favela e fica completamente inundado. 

Não me surpreende a atitude do governo em tratar a educação pública, tendo em vista a última greve dos professores que prejudicou a qualidade de ensino dos alunos. É revoltante e preconceituosa a atitude de apenas oferecer policiamento nas favelas, como se todo favelado fosse marginal. O comentário que circula na Rocinha é que desta vez não podemos reclamar que o governador não cumpriu a promessa, afinal, a promessa de remoção foi cumprida.

Para concluir, recomendo que nosso governador leia a citação do respeitado filosofo Pitágoras “Educai as crianças hoje, para não ter que punir os adultos de amanhã.”

*Davison Coutinho, 23 anos, morador da Rocinha desde o nascimento. Bacharel em desenho industrial pela PUC-Rio, Mestrando em Design pela PUC-Rio,  membro da comissão de moradores da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, professor, escritor, designer e liderança comunitária na Comunidade, funcionário da PUC-Rio. 

Tags: coluna, comunidade, davison, JB, pauta, rocinha

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • glauber santos

    As pessoas não pensam que muitas vezes quando esse tipo de mudança acontece, algo melhor está vindo para aquela parte da população. Se ele colocou uma delegacia, é pq era necessário.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.