Jornal do Brasil

Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo

União pelo Senado

Jornal do Brasil

Os deputados Jean Willys (PSOL) e Wadih Damous (PT) começaram a circular ontem um manifesto a ser assinado por artistas e intelectuais a favor de uma união das candidaturas de esquerda no Rio para o Senado. “Nas eleições parlamentares fluminenses o campo progressista e democrático precisa se unificar em torno das duas candidaturas ao Senado capazes de vencer, nas urnas, as candidaturas do ódio e do atraso, em vez da continuidade e consolidação da maioria ultraconservadora, retrógrada, fundamentalista e fisiologista do Congresso”, diz o texto do documento chamado “Pela democracia e contra o ódio”. “Vamos cravar o voto de esquerda de presidente a deputado estadual”, diz Wadih. A idéia é apresentar o documento com um número robusto de assinaturas até o lançamento do comitê de Jean Willys, quarta-feira. A dupla sonha divulgar a lista, que já reúne 33 nomes, abrindo com um reforço de peso: o jamegão do ex-presidente do Uruguai José Mujica.

Só que...


A teoria é ótima, mas a prática é bem diferente. Lindberg quer Chico ao seu lado em agendas na Zona Sul e no Centro. Mas não convida o colega para lugares onde tem influência, como Nova Iguaçu, onde foi prefeito.

Todos os santos


Cesar Maia começou o dia ontem visitando a líder cigana Mirian Stanesku, na gruta de Santa Sara Cali no Parque Garota de Ipanema. Quando prefeito, foi ele que ajudou o povo cigano a celebrar a santa, em um evento hoje já tradicional. Veio cigano de tudo que é lado. Com as bênçãos da Santa Cigana garantidas e para não fugir à tradição, o ex-prefeito vai semana que vem subir as escadarias da Igreja da Penha, tradição em suas campanhas.

Baú de bondades


Em ano eleitoral vale tudo. E o Bispo Crivella resolveu abrir seu baú de bondades. Anteontem liberou R$ 14 milhões para a conservação de cinco chafarizes da cidade. Entre eles estão os chafarizes do Pomar da Barra, Leila Costa, em frente ao Metrô da Barra, o da Praça Ana Lima, em Irajá, o da Praça Jerusalém, na Ilha e o famoso Grandjean de Montigny, no Alto da Boavista.


Salve, simpatia


Deve ser o inferno na terra trabalhar na Assessoria de Comunicação do TRE-RJ. No afã de cumprir com seus deveres jornalísticos, a coluna solicitou ao órgão quantas inserções de 30 segundos terá direito cada chapa apresentada nesta eleição. A resposta, seca, foi “vá procurar no site”. Procuramos. E, como não achamos, fomos obrigados a retornar ao órgão. Mandaram uma cópia da legislação eleitoral. Boa vontade é isso aí.

Mecenas


Renato Abreu, sócio da MPE Engenharia vai bancar a criação do Centro de Cultura do Norte Fluminense, com direção de Ricardo Cravo Albin. A sede ficará em um casarão histórico em São Fidélis, onde serão realizadas apresentações teatrais, musicais, exposições e palestras. Parte do acervo do Instituto Cravo Albin será abrigada no local.

Bloco do eu sozinho


Acontece de tudo em ano de eleição. A direção nacional do PT precisou intervir no diretório de Rondônia, o único estado do país onde os petistas conseguiram fechar aliança com o PSOL. É que o presidente estadual do PT, Padre Ton (que já deixou a batina), fez gestões para que ele fosse o único candidato a federal pela chapa. A executiva petista melou o truque.

-------

LANCE LIVRE

Vinicius Aquino de Moraes lança seu livro “Memórias de meses esquecidos”, amanhã, na Argumento do Leblon. A editora Revan está lançando a obra “Seletividade do Sistema Penal”, dos mais destacados juristas, advogados e criminólogos, com um estudo aprofundado do caso Rafael Braga. O Instituto Zuzu Angel promoverá hoje, lançamento do livro do historiador de moda João Braga, no Copa Praia Hotel.



Tags: rio

Recomendadas para você