Jornal do Brasil

Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo

Burrocracia brasileira

Jornal do Brasil

Coisas da burocracia brasileira. O Instituto Arcadia, uma entidade sem fins lucrativos certificada pelo ministério do Trabalho para ações de qualificação profissional, está há seis meses tentando aprovar um projeto para ensinar a 75 jovens que cumprem medidas sócioeducativas as funções de jardineiro e paisagista. Iniciativas como essa merecem aplauso, até porque são raras entre as empresas e empresários brasileiros. De acordo com o projeto, o governo não gastará um centavo com o projeto, que será inteiramente bancado por um conjunto de empresas que, inclusive, já estão dispostas a empregar os 75 após os cursos de qualificação. Apesar da anuência do ministério do Trabalho e do juiz Rafael Estrela, titular da Vara de Execuções Penais, o projeto continua emperrado, esquecido por algum cortesão em alguma gaveta da Fundação Santa Cabrini ou mesmo da Secretaria de Administração Penitenciária. Com a palavra, nosso maravilhoso governador Luiz Fernando Pezão.

Comunas são de marte


Um manifesto com mais de 300 assinaturas de intelectuais e artistas em apoio a Jandira Feghali será lançado no domingo. A lista de signatários vai de João Pedro Stédile e Leonardo Boff a Beth Carvalho, Marina Lima, Fábio Assunção e Mônica Martelli.

Nós do morro


Entre os candidatos melhores colocados nas pesquisas eleitorais, só Índio da Costa topou participar, dia 15, do “Debate com as Favelas”, no Complexo do Alemão. Eduardo Paes já mandou avisar que tem agenda mais importante. Romário, Garotinho e, quem diria, o Professor Tarcísio, ainda não semanifestaram.

Xoxó taí?


E o recurso de apresentar o jingle de campanha usando uma composição de letras como fez Pedro Fernandes. hein? Ficou igualzinho ao clássico “Cadê Xoxó”, um axé divertidíssimo lançado nove anos atrás pelo Kibe Loco.


Chilrear tucano


O PSDB fez um agrado aos mais encrenqueiros do partido na abertura ontem do horário eleitoral, Luiz Paulo e Lucinha, candidatos à reeleição. O primeiro era contra a aliança com Eduardo Paes. A segunda, acusou Otavio Leite de conchavo com a candidata ao senado, Aspasia Camargo, para fechar um dobrada com ela e assim morder um pedaço do ervanário do fundo eleitoral.

Fala, peixe


Romário abriu seu programa prometendo reunir um time de primeira para tirar o Rio dessa crise. Precisa primeiro, e urgente, de um freio de arrumação na equipe da campanha. Pelo que se viu ontem, o operador de teleprompter e o câmera não falam o mesmo idioma.

O fim do caminho


Mas constrangedor mesmo nesse primeiro dia de propaganda eleitoral, foi o vídeo que Oscar Maroni, o polêmico dono da famosa “boate” Bahamas, em São Paulo, postou. Nele, o candidato do PROS à Câmara dialoga com uma bunda sobre sua visão de mundo.

No estaleiro


Responsável pelos figurinos e cenários do Teatro Cesgranrio, Beth Serpa baixou ao estaleiro. Ela recupera-se em casa após passar por cirurgias no fêmur e no cotovelo, no Samaritano, após um tombo em Itaipava. Beth recupera-se bem.

-------

LANCE LIVRE

Leandro Mazzini, editor da Coluna Esplanada lançou os livros “Corra que a Política Vem Aí” e “Boa Noite, Rio”. O portal artístico interativo umolhar.net, de Paola Bonelli, recebe novo layout pela Tapa Digital na próxima semana. O padre Ezequiel Dal Pozzo lançou seu novo livro ‘Eu Mais Feliz’.



Tags: cidade

Recomendadas para você