Jornal do Brasil

Hildegard Angel

A campanha em Minas deverá ser doce como um pomar de abacaxis

Jornal do Brasil

O GOVERNADOR de Minas Gerais, Fernando Pimentel, veio fazer uma visita ao nosso JORNAL DO BRASIL. Foi uma conversa longa e ilustrativa dos problemas de Minas Gerais e das soluções propostas por ele para solucioná-los... O MAIOR DELES é o déficit anual de oito bilhões de reais, conta sempre difícil de fechar, pois a origem é o custo com os aposentados da previdência do Estado, que soma 22 bilhões por ano... NAS DESPESAS anuais do Estado de Minas, somados todos os gastos, mas todos mesmo, salários do funcionalismo, inclusive, sobra sempre um saldo de cerca de oito bilhões de reais... CONTUDO, PRA fechar essa conta, há ainda o custo com os aposentados da Previdência do Estado: 22 bilhões de reais... VENDE ATIVOS daqui, aperta dali, mexe d’acolá, e o Estado consegue levantar, para ajudar a cobrir esse déficit, em média, mais uns seis bilhões. Que, somados ao oito, são 14 bilhões... DEDUZIDOS OS 14 dos 22, ficam anualmente em torno de 8 bilhões pendurados, engrossando o déficit interno... MAS HÁ TAMBÉM os elefantes brancos herdados das gestões anteriores, cuja manutenção onera enormemente o estado... O MAIS CURIOSO deles é a Cidade das Águas Hidroex, da Fundaçao Hidroex, que foi construída em Frutal, no Triângulo Mineiro... O PROJETO foi lançado com propósito ambicioso: “Um centro de estudos e referência para conservação do patrimônio hidrológico da América Latina e das nações africanas de língua português, que terão atendimento prioritário, o primeiro nos moldes na América, por dar ênfase à formação e qualificação profissional”... E QUAL é o vínculo com as águas, que levou à escolha da cidade de Frutal?... É UMA ESTAÇÃO de águas importante de Minas Gerais? Por ventura é em seu subsolo que está o Aquífero Guarany?... NÃO, MEUS AMORES, a questão é de coerência com os fatos, já que Frutal é uma grande produtora de Abacaxis!... A CIDADE DAS ÁGUAS vem a ser o maior abacaxi já produzido em Frutal, por coincidência, cidade natal e base eleitoral do deputado autor do projeto. Êta trem bão!... DO MEGA PROJETO, que custou R$ 350 milhões, constam Alojamentos, Biblioteca, Centro de Educação à Distância e Complexo de Laboratórios. E ainda um Condomínio Temático e o Espaço Cousteau para as Águas, que homenageia o comandante Jacques Cousteau “que ensinou a Terra a olhar para a Água”, disseram... TRATA-SE DE um abacaxi híbrido, porque logo os pepinos começaram a brotar da terra de Frutal: “Os recursos da “Cidade das Águas” foram praticamente por água abaixo; R$ 300 milhões foram embora, sem nenhum retorno concreto à população”, diz a mídia... DESCOBRIU-SE TAMBÉM que, do contrato de R$ 55,7 milhões para a construção dos prédios da biblioteca, do laboratório e do alojamento dos pesquisadores, o valor saltou para R$ 69,3 milhões, graças a cinco aditivos... A COLHEITA de abacaxis-pepinos foi farta. Foi apurado que os canos de cobre para água aquecida previstos foram substituídos por tubulação de PVC, mais barata... QUE AS BANCADAS de granito de 3cm, tinham apenas 2cm... E POR AÍ foi a plantação, da qual constam 1.500 apartamentos construídos para hidrólogos estrangeiros visitantes. Conforme dados levantados pelo governo atual, é de 400, o número máximo de potenciais hidrólogos visitantes! Um excedente de 1.100 apartamentos... ESTUDA-SE A VENDA da Cidade das Águas para ser um centro de grandes congressos... ESSES DADOS hão de dar bons frutos para a campanha do candidato Pimentel. Para seu antecessor e oponente na disputa, o tucano Antonio Anastasia, poderá ser um abacaxi amargo...

Macaque in the trees
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, depois de visitar o Jornal do Brasil, foi homenageado com jantar na Fiorentina, onde estreou assinatura numa das colunas de celebridades, cercada pelas de Chico Pinheiro, Chico Buarque, Deborah Secco e Nara Leão

---------

FAKE NEWS PLANTATION

Outra plantação farta é a de Fake News na mídia hegemônica. Um jornalão de São Paulo publicou o seguinte: “A administração da petista não deu andamento à tramitação do Protocolo Adicional ao Pacto de Direitos Civis e Políticos, que internalizaria ao ordenamento jurídico do País as decisões do comitê (de Direitos Humanos da ONU)”. Verdade? Não. Mentirinha “inocente”, ilustrada com foto de Dilma.

A afirmação da jornalista é desmentida por documento, datado de 3 de abril de 2018, da Missão Permanente do Brasil nas Nações Unidas e Outras organizações internacionais em Genebra para o Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas, que declara: “A República Federativa do Brasil saúda essa oportunidade de reafirmar seu compromisso com o Sistema de Direitos Humanos das Nações Unidas e seu Honorável Comitê.”...

É SÓ IMPRESSÃO

O deputado Carlos Minc tirou um pequeno tempo de sua agenda de campanha e mergulhou em uma sessão de Moxa, técnica chinesa de acupuntura, para relaxar a musculatura, que utiliza erva artemísia anti-inflamatória, pomadas de arnica, copaíba e unha de gato.

Minc vai mesmo precisar de moxa, já que o presidenciável Jair Bolsonaro entrou com processo contra ele por “danos morais”, alegando “sofrimento interior, desequilíbrio emocional, angústia e sentimento de injustiça”, porque Minc o teria chamado de “machista, racista e homofóbico.”

VENDO LONGE

Em parceria com oMAM Rioe o restauranteLaguiole, o Instituto 3Cfará, em5 de setembro, visita guiadaàs exposições “Prêmio PIPA”, “Vicente de Mello”, “ARRUDA, Victor”, “Alucinações à Beira Mar”. Seguida dechá da tarde no restaurante. Tarde beneficente com as contribuições revertidas integralmente para o projeto.

Desde 2010, o projeto Visão Esperança, do Instituto 3C, atuou junto a21 escolas municipais do Rio, atendendomais de onze mil crianças, com mais de mil e duzentas consultas oftalmológicasrealizadas e975 óculosfornecidos. Bacana participar disso.

FATO RARO

Com muita gentileza, a assessoria de imprensa dos hospitais Copa D’Or telefonou para a colunista, agradecendo a denúncia feita aqui a respeito de funcionários uniformizados, que nas horas de folga sentam-se em locais contaminados na calçada em frente.

AMIGOS MÚLTIPLOS

Por falar em saúde, a organização Amigos Múltiplos pela Esclerose, doença autoimune do sistema nervoso central que mais acomete jovens adultos no planeta, vai promover uma bicicletada no domingo, com largada no Clube Israelita. A ação deve receber mais de dois mil ciclistas. Para se inscrever, basta acessar o site da ONG. É a quarta edição do evento, que roda em nove cidades aém do Rio: Belo Horizonte, Florianópolis, João Pessoa, Porto Alegre, Santa Maria, Santo André, Santos e São Paulo.

BLACK POWER

Os negros estão em pauta com suas ações afirmativas, que merecem ser prestigiadas. E quem está chegando é Haile Gerima, cineasta da Etiópia e considerado o maior expoente do cinema negro. Vem participar, de 29 de agosto e 9 de setembro, do “Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe”, com curadoria do diretor Joel Zito Araújo e de Janaína Oliveira.

Com o objetivo de encorajar a identidade negra e incentivar o intercâmbio Brasil-África, a mostra promete ser inesquecível, com apresentações no Odeon, no Centro Cultural Justiça Federal, no Museu de Arte do Rio e no Cine Arte UFF.

POUR MÉMOIRE

Só pra lembrar que amanhã, no Copacabana Praia Hotel, tem Tarde de Moda, entrada franqueada aos LPM - Loucos Pela Moda - com direito a palestra do professor João Braga, o mestre dos mestres da História da Moda, chegando de São Paulo.

CHOQUE DE CONGESTÃO

Nada está tão ruim que não possa piorar. Uma pesquisa da Fecomércio RJ apontou crescimento 7,7% do trabalho informal neste segundo trimestre, quando comparado ao segundo trimestre do ano passado. Além disso, o número de empregados do setor privado sem carteira assinada saltou de 7,9% para 8,2% em relação ao trimestre anterior. A Fecomércio diz que “é o menor índice de emprego formal desde 2014”. E mais: o número de trabalhadores por conta própria do Rio de Janeiro alcançou o maior índice da série histórica desde 2014.

TIC-TAC

A cidade toda reclamou, e, enfim, começaram as obras de revitalização do relógio da Central do Brasil, monumento histórico tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural do Rio desde 1996, e que andava bem caído.

Vai dar trabalho. Só os ponteiros pesam, juntos, 452 quilos. O do minuto tem 7,5 metros de comprimento e 270 quilos. O das horas, 5,35 metros e 182 quilos. Entre as reformas previstas está a mudanças no sistema de controle, incluindo acionamento elétrico e motorização. Espera-se que funcione em setembro.

CARNAVAL ELEITORAL

Os candidatos a Governador de São Paulo já apresentaram suas propostas e iniciaram suas campanhas. Dos 12 - Dorta, Doria , Marinho, Costa e Silva, Candido, França, Skaf, Claudio Fernando, Lisete, Tavares, Chequer e Toninho - nenhum deles cita de forma direta propostas para o Carnaval.

Segundo a Secretaria de Turismo paulista, no carnaval, apenas o Sambódromo do Anhembi movimentou cerca de R$150 milhões. No total, a renda em São Paulo chegou a cerca de R$ 655 milhões, entre gastos de turistas e paulistanos no evento. Pra São Paulo, onde tudo é bilhão, uma mixaria.

PRAFRENTEX

A bela Silvia Pfeifer, depois de seis meses em Portugal gravando a novela Ouro Verde, está de volta e vai estrear, dia 1º, a peça Além Do Que Nossos Olhos Registram, de Fernando Duarte, no Teatro Fashion Mall.

Aos 60 anos e inteira, Silvia interpreta uma vovó sem preconceitos, bem moderna, o que sua geração chamava de prafrentex. E a temática do texto envolve racismo, bullying e homofobia. Vovó é contra.

OS GORDINHOS

O candidato a governador pelo PSOL Tarcísio Motta fez campanha ontem pelas ruas de Bonsucesso, conversando com eleitores e tirando selfies. E o que ele mais ouviu? A frase, que está viralizando na rede, “Eu acredito no gordinho!”. Ela foi dita outro dia na Tijuca, por um menino de 11 anos, que complementou: “Não posso votar, mas o seu slogan deveria ser este”.

A cena foi gravada e no mesmo dia começou a bombar na internet.

Tarcísio vai ter que disputar o slogan com outro gordinho na disputa: o Garotinho,

que sua mulher, Rosinha,

chama carinhosamente de “Bolinha”.

-------------

MUDANÇA NO SERVIÇO de emissão de carteiras de trabalho. O Ministério do Trabalho e os Correios devem firmar, nos próximos dias, acordo de cooperação técnica para emissão da carteira de trabalho e previdência social nas unidades dos Correios. O projeto piloto será implantado nos próximos 30 dias no Estado de São Paulo.

-------------

Com João Francisco Werneck



Tags: cultura

Recomendadas para você