Jornal do Brasil

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Claudio Humberto

Jeito Dilma de ser não poupa nem notebook 

Jeito Dilma de ser não poupa nem notebook

Ministros e técnicos do governo federal agora evitam levar os próprios notebooks para reuniões com Dilma. Fiel ao seu jeito estúpido de ser, em recente reunião com dirigentes e técnicos do DNIT, ela se irritou com um deles, que insistia em mostrar-lhe, no computador, um projeto já rejeitado. Com firmeza e agilidade, tomou-lhe o notebook das mãos e o arremessou para longe, espatifando-o, para em seguida dispensar o interlocutor chamando o despacho seguinte: “Próximo!”

Fato novo

“Arremesso de notebooks” é novidade. Os assessores palacianos estão mais habituados às broncas colossais da presidenta.

Espancamento

Dilma se prepara para discutir projetos, estudando-os, para submetê-los depois a um “espancamento” como uma “advogada do diabo”.

Teste de fogo

O autor de uma ideia tem que se virar para defendê-la, nas reuniões com Dilma. Se passar nesse teste de fogo, o projeto segue adiante.

Reconhecimento

Intolerante com a incompetência, Dilma é admirada por auxiliares, mesmo quem já tomou broncas, por reconhecer esforço e eficiência.

Tags: Governo, claudio humberto, coluna, dilma, temperamento

Compartilhe: