Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Ciência e Tecnologia

Sonda captura imagens de asteroide a menos de um quilômetro de distância

Jornal do Brasil

A sonda espacial japonesa Hayabusa-2 capturou imagens do asteroide Ryugu a 930 metros de distância de sua superfície e analisou seu campo gravitacional. As fotos e os dados foram publicados no website JAXA (Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial).

A sonda Hayabusa-2 foi lançada no espaço no início de dezembro de 2014 para estudar e coletar amostras do asteroide Ryugu. Cientistas esperam que ela traga para a Terra as primeiras amostras "puras" de matéria primária do Sistema Solar.

O dispositivo japonês atingiu seu objetivo no início de junho e começou um longo procedimento de aproximação do asteroide, cujo formato "mudava" repetidamente à medida que a sonda se aproximava dele para melhorar a qualidade das fotografias.

Imagem da superfície do Ryugu a menos de 1 quilômetro de distância

A princípio, os cientistas pensaram que o asteroide tivesse o formato de uma bola perfeita. Posteriormente, as fotos revelaram que o corpo celeste tem formato angulado semelhante a um cubinho de açúcar.

A Hayabusa-2 oficialmente chegou ao Ryugu no início de julho, parando a 20 quilômetros da superfície do asteroide. Durante algumas semanas, a sonda passou a acionar e diagnosticar os instrumentos científicos e também estudar as formas e as propriedades físicas do asteroide.

Na semana passada, a sonda conduziu uma série de manobras para medir a força de campo gravitacional do asteroide.

Segundo a JAXA, na quarta-feira (8), a Hayabusa-2 se aproximou do asteroide a uma distância de 851 metros. Em virtude disso, as câmeras conseguiram capturar imagens com alta resolução — cerca de 50 centímetros por pixel.

Os dados coletados ajudarão os cientistas a estudar o campo de gravidade do Ryugu e o quanto ele atrai a Hayabusa e outros objetos. O estudo, como observado pelos planetólogos japoneses, ajudará a entender a estrutura interior do asteroide e se ele possui grandes espaços vazios.

>> Sputnik

Sputnik


Tags: amostras, asteroide, espaço, sistema solar, sonda espacial, terra

Compartilhe: