Jornal do Brasil

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Ciência e Tecnologia

Sinal analógico será desligado amanhã em Curitiba e mais 26 municípios do Paraná

Jornal do Brasil

O sinal analógico de televisão será desligado nesta quarta-feira (31) em Curitiba e mais 26 municípios do Paraná. O desligamento deve atingir cerca de 3,8 milhões de pessoas. As pesquisas do grupo responsável pelo desligamento do sinal analógico, ligado à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), apontaram que os municípios contam atualmente com 91% das residências aptas a receber a TV digital, atendendo à condição para realizar o desligamento do sinal analógico.

O desligamento nas regiões metropolitanas de Florianópolis e Porto Alegre também estava previsto para ocorrer amanhã (31), mas de acordo com o Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), foi adiado.

Florianópolis e mais seis cidades de Santa Catarina, terão o sinal de TV analógico desligado até o dia 28 de fevereiro. Já Porto Alegre e outros 106 municípios do Rio Grande do Sul, o desligamento será concluído em 14 de março. Os desligamentos nos dois estados envolvem um total de 6,7 milhões de habitantes.

Antes, o desligamento deve ocorrer, em 21 de fevereiro, no interior de São Paulo, nas regiões de Ribeirão Preto e Franca. De acordo com a Anatel, a medida vai atingir 2,1 milhões de pessoas na região.

Maranhão

Na avaliação do Gierd, há condições de antecipar o desligamento do sinal analógico de TV em São Luís e mais nove cidades do Maranhão.

A previsão é de que o desligamento do sinal analógico ocorra daqui a 60 dias. Mas as pesquisas do Gired apontam que os municípios já estão com 92% dos domicílios aptos a receber o sinal digital antes da data prevista para o desligamento, no dia 28 de março.

Os municípios estão em condições para o desligamento do sinal analógico quando pelo menos 90% dos domicílios estiverem aptos a receber o sinal digital.

Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G) no Brasil.

No caso dos beneficiários de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, a Anatel informa que eles têm direito a receber um kit gratuito (com antena e conversor e controle remoto). Para tanto é necessário acessar o site www.sejadigital.com.br/home e agendar a retirada do kit. O telefone da Central de Atendimento é 147.

Agência Brasil


Tags: brasil, digital, sinal, tecnologia, televisão

Compartilhe: