Jornal do Brasil

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Ciência e Tecnologia

'Grande Firewall da China': Pequim manda Apple e Google derrubarem aplicativo do Skype

Sputnik

Apple e Google foram forçadas à retirar o Skype de suas lojas de aplicativos móveis na China, aumentando a lista de aplicativos banidos por Pequim.

"Nós fomos notificados pelo Ministério da Segurança Pública que uma série de aplicativos VoIP não cumprem a lei local, portanto, esses aplicativos foram removidos da App Store na China", afirmou a Apple em comunicado, observando que o aplicativo ainda permanece disponível em todos os outros países.

De acordo o The New York Times, o Skype também foi removido da loja chinesa de aplicativos do Android — divisão responsável pelo sistema operacional de celulares operada pelo Google. 

A Microsoft, companhia responsável pelo Skype, classificou o episódio como "temporário" e afirma estar trabalhando para trazer o aplicativo de volta "o mais rápido possível".

Não foi divulgado exatamente quais leis o Skype viola. A mídia especula que a verdadeira razão por trás da proibição foi a repressão contra meios de comunicação que não podem ser interceptados pelas autoridades chinesas. 

A remoção do Skype é a mais recente em uma série de proibições de aplicativos de mensagens de internet e programas de TV estrangeiros que ocorreram na China nos últimos meses, de acordo com o The New York Times.

Em julho, a Apple foi criticada depois de ter removido 60 aplicativos diferentes que permitiam a configuração de uma rede privada virtual (VPN) — ferramenta essencial para evitar o aparato de vigilância e controle da internet no país asiático, conhecido como "Escudo Dourado" ou "O Grande Firewall da China", 

No começo desta semana, a Apple afirmou que, ao todo, removeu 674 aplicativos de VPN.

>> Sputnik

Tags: apple, china, google, microsoft, ministério da segurança pública

Compartilhe: