Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

Ciência e Tecnologia

Brasil é o 4.ª país do mundo com maior número de internautas

São 120 milhões de pessoas 

Sputnik

Em números absolutos, o Brasil é o quarto país no mundo com o maior número de internautas: 120 milhões de pessoas em 2015. Atrás de Índia (333 milhões), Estados Unidos (342 milhões) e China (706 milhões). O levantamento é da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad).

pesar do número expressivo, muitos brasileiros ainda não estão na rede mundial de computadores. O Comitê Gestor da Internet diz mais da metade das casas nas regiões Norte e Nordeste não têm acesso à internet. Já segundo o Ministério da Educação, 38,7% das escolas brasileiras de ensino básico não têm acesso à rede mundial de computadores.

Carlos Alberto Teixeira, da consultoria Catalisando Conteúdo, e especialista em tecnologia acredita que a chamada exclusão digital é apenas mais um dos sintomas da desigualdade brasileira.

"Muitas pessoas não têm o que comer, não têm como dar educação para os filhos. Aí a gente colocar essa pessoa como ansiando ter uma conexão com a internet, nesse momento ela está mais preocupada com o que comer, em tirar o filho do trabalho infantil para ter um futuro melhor. Por sermos um país com grande potencial, mas um potencial não desenvolvido, a gente tem um desafio muito grande em levar conectividade para os menos favorecidos, embora saibamos que essa conectividade possa mudar a vida das pessoas", diz Teixeira.

O especialista avalia que o desafio maior é levar conexão para os usuários afastados dos grandes centros e de menor poder aquisitivo. Ainda segundo o Comitê Gestor da Internet, por meio da pesquisa TIC Domicílios 2016, 98% dos lares da classe social A estão conectados; enquanto nas classes D e E este número é de apenas 23%.

A Sputnik Brasil escreveu sobre o plano do Governo brasileiro de privatizar uma participação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que pode levar conexão para os locais mais afastados do Brasil. 

>> Sputnik

Tags: economia, facebook, negócios, signos, tecnologia, zodíaco

Compartilhe: