Jornal do Brasil

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Ciência e Tecnologia

Nasa indica que mundo será atingido por uma grande inundação

Sputnik

Um novo estudo indica que, à medida que o nosso planeta aquece, a quantidade de precipitações, especialmente nas regiões tropicais, aumentará significativamente.

Mesmo que pareça contraditório, uma menor presença deste tipo de nuvens pode levar a uma maior quantidade de precipitação. As nuvens altas "capturam" o calor na atmosfera e, sendo assim, uma possível diminuição do número destas nuvens no futuro pode fazer com que a atmosfera tropical se esfrie. Ao esfriar, o valor de água presente na atmosfera se condensaria e se tornaria em chuva.

Segundo a investigação, liderada por Hui Su, cientista do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, os atuais modelos climáticos globais podem estar subestimando a quantidade de chuva que cairá nas regiões tropicais, pois não tomam em conta as reduções de nuvens altas sobre os trópicos que têm sido registradas nas observações recentes da agência espacial norte-americana.

De acordo como estudo publicado na revista Nature, as mudanças observadas nas nuvens ao longo das últimas décadas indicam que a atmosfera está criando uma menor quantidade de nuvens altas em resposta ao aquecimento global de nosso planeta.

A autora do estudo espera que a investigação possa contribuir para melhorar as previsões das precipitações no futuro.

Sputnik

Tags: CIÊNCIA, Nasa, agência, sputnik, tecnologia

Compartilhe: