Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Ciência e Tecnologia

Hospital Veterinário inaugura primeira Farmácia Popular para pets do Rio de Janeiro

Medicamentos são 30% a 50% mais baratos em comparação às pet shops

Jornal do Brasil

O Hospital Popular de Medicina Veterinária inaugurou nesta semana a primeira Farmácia Popular Veterinária, com os principais medicamentos usados no tratamento de doenças que ameaçam a vida dos pets. Dando prosseguimento à proposta de proporcionar medicina veterinária de ponta a preços mais acessíveis, o estabelecimento tem remédios com preços de 30% a 50% mais baratos.

O endereço é o mesmo do Hospital — Rua Professor Clemente Ferreira, 6, Realengo-RJ. Proprietários com prescrições de outros médicos também podem efetuar a compra no local. O pagamento pode ser feito no cartão de crédito, porém, só é possível parcelar com a receita de um especialista do Hospital Popular, integrando a despesa do medicamento com a do serviço médico. O atendimento acontece diariamente, de 8h às 20h. A partir de abril, a previsão é que o funcionamento seja 24 horas.

O endereço é o mesmo do Hospital — Rua Professor Clemente Ferreira, 6, Realengo-RJ
O endereço é o mesmo do Hospital — Rua Professor Clemente Ferreira, 6, Realengo-RJ

A iniciativa surgiu a partir de observações feitas durante os atendimentos clínicos. A exemplo do que acontece muitas vezes na saúde humana, alguns donos levavam seu pet para consulta, recebiam o diagnóstico, mas não davam prosseguimento ao tratamento em casa, devido ao alto custo dos medicamentos. O resultado dessa conduta é o agravamento da doença do bicho e o retorno à unidade:

“Nossa equipe ouve dos proprietários que os remédios são caros. Alguns admitem que são negligentes mesmo. O nosso objetivo é que o animal melhore. Por isso, nos aproximamos da indústria farmacêutica para viabilizar esse projeto.” explica Brunno Galvão, diretor do HPMV.

Números comprovam que medicar o animal de estimação não é uma prioridade entre os donos de pets no Brasil. Segundo a Associação Brasileira de Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o seguimento Pet Vet (medicamentos veterinários) correspondeu a 7,8% da arrecadação do mercado nacional, o menor entre alimentação, produtos de beleza e serviços gerais:

“De fato, há uma baixa adesão ao tratamento proposto pelos veterinários por parte dos tutores. Muitos optam por não comprar os remédios, e outros cometem o absurdo de dar medicações para humanos.” denuncia Steffanie Matos, diretora técnica do Hospital Popular.

O HPMV ainda tem o objetivo de abrir mais dez unidades no Estado do Rio de Janeiro. Segundo a direção, as próximas regiões seriam a Zona Norte da capital e Niterói, atendo boa parte da Região Metropolitana.

Hospital Popular de Medicina Veterinária

Hospital — Rua Professor Clemente Ferreira, 6, Realengo

Funcionamento: de 8h às 20h

Tags: abinpet, animal, atendimento, estimação, medicamento, realengo

Compartilhe: