Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Ciência e Tecnologia

Suprema inaugura centro de treinamento em cirurgias minimamente invasivas

Jornal do Brasil

A Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema - em parceria com o Instituto Crispi de Cirurgias Minimamente Invasivas, inaugura no dia 28 de fevereiro, às 16h, um dos mais modernos centros de treinamento em cirurgia laparoscópica das Américas, onde serão ensinadas técnicas de cirurgias minimamente invasivas, por meio de cursos de pós-graduações em ginecologia e cirurgia geral e de cursos de aperfeiçoamento e avançados. Os alunos poderão realizar treinamento em simuladores e cirurgias "in vivo".

O novo centro, além de totalmente montado com equipamentos de última geração, terá um moderno auditório multimídia que vai transmitir e receber aulas e cirurgias para o mundo inteiro, numa troca de informações e técnicas de fundamental importância para médicos e estudantes. Será também um centro de referência no treinamento dos profissionais e atendimento a pacientes com endometriose, uma doença silenciosa que vem causando devastação no organismo feminino e está virando caso de saúde pública no país. Uma das principais conseqüências da Endometriose é a infertilidade. Cerca de 50% dos casos de infertilidade  nas mulheres do mundo inteiro,  são causados pela doença, que atinge 15% da população feminina entre 15 e 45 anos.

Sob a coordenação geral do especialista Claudio Crispi e a coordenação científica do professor Marco Aurélio de Oliveira, os cursos terão a duração de um ano quando de pós-graduação e de 2 a 3 dias, quando de aperfeiçoamento.

Segundo Claudio Crispi, “já está comprovado que a videolaparoscopia é a melhor maneira de tratar as doenças abdominais cirúrgicas. No entanto, ainda são poucas as mulheres que podem se beneficiar destas técnicas, pela carência de profissionais habilitados para executá-las. Esse curso vai proporcionar um treinamento de alta qualidade para cirurgias de todos os níveis, para médicos de todo o país”.

O novo centro e os cursos são mais um serviço de alto padrão que a Suprema implanta em Juiz de Fora, pois possibilitarão a formação e a qualificação de profissionais para atuar nesta área de especialização médica. Com isso, o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus passará a oferecer, no âmbito do curso, mais um serviço à comunidade, de primeira qualidade, com profissionais dos mais gabaritados, ajudando a promover a saúde no município.

O diretor de Infraestrutura da Suprema, Ricardo Campello, ressalta que “o campus da Suprema inspira ao ensino por ser um local agradável, com uma grande área verde, que favorece o ensino de imersão. Os médicos que vierem fazer o curso na Suprema vão encontrar uma facilidade enorme de logística e um centro de treinamento que está sendo montado com os requisitos mais modernos do país, além de contarem com nosso hospital de ensino, o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ), que é ONA Pleno, 100% SUS, com qualidade excepcional. Juiz de Fora é uma cidade que tem vocação muito grande para o ensino. Está muito bem localizada, próxima dos grandes centros, com boa mobilidade urbana e com uma rede de hotéis excelente com custo altamente competitivo em relação aos grandes centros, além de ótimos restaurantes”.

 

 

 

Tags: CIÊNCIA, SAÚDE, cirurgias, juiz fora, padrão

Compartilhe: