Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Ciência e Tecnologia

São Luiz tem mutirão de cirurgias

Jornal do Brasil

Será realizado, de 3 a 5 de dezembro, no Hospital Carlos Macieira e Hospital de Câncer do Maranhão, em São Luiz, um mutirão para 40 cirurgias bariátricas, urológicas, colectomias, histerectomias e de hérnia. 

Segundo o Dr. Claudio Crispi, presidente da Sociedade Brasileira de Videocurgia (Sobracil), que promove o mutirão, a histerectomia, uma das cirurgias escolhidas para fazerem parte deste mutirão, principalmente pelo grande número de mulheres que dela necessitam, é a retirada do útero, que pode ocorrer em função de diversas patologias, tais como: miomas, câncer de colo de útero, hemorragias incontroláveis, dor pélvica crônica, estágios avançados de endometriose, entre outras. 

Pode ser dividida em parcial, quando apenas a parte superior do útero é removida; histerectomia total, quando o colo do útero e o útero são retirados; e radical quando o útero, o colo do útero, as trompas de falópio e os ovários são removidos.

A intervenção para retirada pode ser feita por meio de quatro técnicas distintas: histerectomia abdominal, histerectomia vaginal, videolaparoscopia e, a grande novidade, por robótica, estas últimas consideradas mais eficazes por oferecerem uma recuperação mais rápida às pacientes, menos dor no período pós-operatório, menor risco de infecção, menor perda sanguínea no período pré-operatório e melhor resultado estético.

De seis a oito semanas após a operação, a mulher pode ter sua vida sexual restabelecida e sem prejuízos, uma vez que a cirurgia pode proporcionar o alívio de alguns sintomas responsáveis por desconforto como dor e hemorragias. 

Tags: Maranhão, SAÚDE, brasil, cirurgião, mutirão

Compartilhe: