Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Farmacêutico está entre as cinco profissões mais confiáveis do Brasil

Jornal do Brasil

Num mundo em que a confiança nas práticas profissionais é quase escassa, os farmacêuticos estão privilegiados numa escala internacional. Com percentual de confiabilidade de 87% no índice global, uma pesquisa realizada pelo instituto alemão GFK Verein aponta que o profissional do setor é um dos mais confiáveis também no Brasil. Dentre as 32 profissões listadas, no país, o farmacêutico ocupa a quinta posição com índice de confiabilidade de 76%, atrás apenas dos bombeiros, professores, paramédicos e pilotos.

A pesquisa mundial foi feita através de índices apurados em 25 países. Com relação a outras profissões, o índice de confiança dos brasileiros é de 56%. Todavia, a credibilidade alcançada nos profissionais de farmácia é tão grande que na Turquia o percentual de aprovação é o maior em todo o planeta, com 90% de confiança da população.

O presidente do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Rio de Janeiro (CRF-RJ), Marcus Athila, afirmou que esse grau de confiabilidade se dá pela facilidade de acesso da população a esse profissional de saúde. “Hoje o farmacêutico passa a ser visto como alguém  que pode promover a qualidade de vida do paciente”. Além disso, acrescentou Athila  “o farmacêutico desempenha um papel de suma importância na sociedade brasileira. Na verdade, a sociedade dispõe desse profissional porque o acesso a ele é mais viável do que ao médico. Esse profissional é o mais disponível”.

O presidente do Conselho destacou ainda que a orientação do farmacêutico não se restringe apenas às orientações específicas sobre medicamentos, mas se estende aà orientação preventiva relacionada a hábitos de higiene e cuidados com a saúde.

Marcus Athila finalizou dizendo que o CRF-RJ entende que o  profissional deve ter as sete principais competências descritas pelos órgãos internacionais (Organização Mundial de Saúde e Federação Farmacêutica Internacional), que são as seguintes: prestador de serviços farmacêuticos em uma equipe de saúde, capaz de tomar decisões, comunicador, líder, gerente, atualizado permanentemente e educador.

 

Tags: categorias, confiabilidade, FARMÁCIA, pesquisas, RJ

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.