Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Médico americano infectado com ebola recebe alta em Atlanta

Portal Terra

Um médico norte-americano que contraiu Ebola de pacientes que tinham o vírus na Libéria recebeu alta de um hospital nos Estados Unidos após receber tratamento com um medicamento experimental, informou a instituição de caridade da qual ele faz parte.

Kent Brantly recebeu o medicamento ZMapp, usado em alguns poucos pacientes no surto de Ebola na África Ocidental, e foi levado de volta aos Estados Unidos este mês.

O médico recebeu alta do hospital da Universidade Emory, em Atlanta, de acordo com comunicado da instituição Samaritan's Purse.

As autoridades de saúde do Vietnã deram alta a dois nigerianos que tinham sido colocados em quarentena, após descartar que estivessem infectados com o vírus do ebola, informou nesta quinta-feira a imprensa estatal.

Os dois estrangeiros chegaram a Ho Chi Minh (antiga Saigon) na terça-feira em um voo da Catar Airways e foram retidos na alfândega porque tinham febre e internados em uma sala de isolamento do hospital de medicina tropical da cidade.

O chefe de medicina preventiva do ministério da Saúde, Nguyen Dac Phu, disse que os dois estiveram 24 horas isolados enquanto amostras de sangue foram enviadas aos Estados Unidos para serem analisadas, segundo o portal "Thanh Nien".

Os dois nigerianos, de 34 e 32 anos, foram liberados ontem depois de os médicos comprovarem que já não tinham febre e que estavam bem de saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que o surto de ebola na África Ocidental dá indícios que pode ser freado com medidas adequadas na Nigéria e na Guiné, embora mantenha uma evolução dramática em Serra Leoa e, principalmente na Libéria.

Tags: áfrica, ebola, morte, SAÚDE, vírus

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.