Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Aos 12 anos, menino realiza sonhos longe da escola

Conheça Biel Baum, chef de cozinha e unschooler que já escreveu livro e deu palestra no TEDx

PorvirMarina Lopes

O que você vai ser quando crescer? Assim como Gabriel Baum, provavelmente você já deve ter ouvido essa pergunta quando era criança. No entanto, Biel, como costuma ser chamado, não quis esperar “crescer” para realizar seus sonhos. Aos 12 anos, ele já sabe o quer: levar a alimentação saudável para as crianças. Vegetariano e unschooler, o minichef acumula uma lista extensa de projetos, que vão desde a publicação de um livro, até a elaboração oficinas itinerantes e programas de televisão sobre gastronomia. E apesar da pouca idade, há dois anos, ele já subiu ao palco do TEDxCampos para contar sobre suas experiências.

A paixão pela gastronomia começou cedo, aos 4 anos de idade. Os primeiros pratos eram lanches para a família e “gororobas”,  como definiu. “Eu não comecei a cozinhar sozinho. Sempre contava com a ajuda de alguém.” Entre os ajudantes, estavam desde a bisavó, até os programas de televisão do chef Jamie Oliver. Inclusive, foi daí que nasceu o projeto de escrever um livro contando suas experiências na cozinha e dando dicas de receitas divertidas para fazer com a família.

Biel conseguiu que uma cópia do livro chegasse às mãos de seu ídolo na cozinha em 2012, mas teve esperar mais dois anos, mais precisamente até junho deste ano, para conhecê-lo pessoalmente. Oliver foi um dos milhares de turistas que visitaram o Brasil durante a Copa do Mundo. “Quero mostrar para as crianças que existe uma prova viva de alguém que está realizando os seus sonhos, e que eles também podem realizar o deles, por mais absurdo que isso possa ser”, explicou o garoto.

Experiência como unschooler

Em 2010, quando tinha 8 anos, Biel percebeu que o modelo de ensino tradicional não estava ajudando a realizar o seu projeto de vida. Pediu, então, para sua mãe que o tirasse da escola, já não queria esperar por muitos anos para poder fazer alguma coisa importante. “Quando alguém acabava a tarefa, tinha deitar a cabeça e esperar os outros. Era muito chato”, lembrou o garoto. Desde então, decidiu estudar de uma forma mais livre, com autonomia para escolher os conteúdos que desejava aprender.

“Ele falou que a missão dele era ajudar as crianças a ter uma alimentação saudável e a escola não ajudava nisso”, conta Sabrina Bittencourt, empreendedora social e mãe de Biel. Nesse período, a família morava em Barcelona, e recorreu à Clonlara School, uma escola que que segue um modelo pedagógico alternativo e oferece um programa de apoio para famílias homeschoolers. Após um ano de transição, decidiram que gostariam de seguir seus próprios caminhos, sem estar vinculados a outros projetos.

Dessa experiência vivida por eles, surgiu a proposta de criar a Escola com Asas, uma metodologia de educação que apoia famílias na realização dos seus sonhos por meio do empreendedorismo social. Com abordagens que misturam a aprendizagem coletiva e a individual, o projeto auxilia na criação de redes. “Eu estou investido nisso porque acredito que é uma forma de criar uma cultura de educação mais livre. Essa coisa de pasteurizar todo o conhecimento é um retrocesso. O mundo já não está mais caminhando para isso.”, defendeu Sabrina.

Para Biel, essa forma livre de aprender ajudou a impulsionar os seus projetos. Quando deseja aprender algo novo, por exemplo, conta com a colaboração de amigos e novas pessoas que conhece. “A minha vida é assim eu vou aprendendo com as pessoas e ensinando”, contou. Segundo ele, na escola, alguns dos seus reais interesses eram deixados de lado. “As vezes alguns sonhos morriam por causa disso. Quando eu saí da escola eu acabei com isso.”

Ensinando sobre alimentação saudável

Seguindo com a paixão pela gastronomia e o projeto de alimentação saudável, o que define como sua missão, Biel grava programas de TV e internet que motivam as famílias a cozinharem com os filhos. Entre eles, o Arte na Cozinha, Cozinhando com as Estrelas, Cozinhando com Mães de Primeira e FIB (sigla em espanhol para Felicidade Interior Bruta), que mostra coisas boas do Brasil para canais de outros países. “Algumas crianças, a maioria delas, não têm uma cabeça muito aberta para comida”, apontou.

Enquanto ainda está desenvolvendo o projeto de rede de lanchonetes com produtos orgânicos para crianças, Biel também ministra oficinas de alimentação saudável.  Chamado de “Imagine e Coma”, o projeto irá acontecer em dias variados no espaço Pinks do Shopping Iguatemi, em São Paulo. Além disso, também existem oficinas agendadas para acontecer no Parque da Água Branca e no Parque Villa Lobos, durante a Virada Sustentável, que acontece de 28 a 31 de agosto, também na capital paulista. Em seguida, parte para Florianópolis, onde participa de eventos no Mercado São Jorge, entre os dias 4 e 8 de setembro.

Tags: alimentação saudável, empreendedorismo social, gastronomia, jamie oliver, unschooler

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.