Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Amigo de criador do "desafio de água fria" morre afogado 

Jovem ajudou a arrecadar US$ 100 mil para a pesquisa da Doença de Lou Gehrig 

Portal Terra

Um amigo do homem que inspirou o desafio do balde de água gelada (ice bucket challenge, em inglês) morreu afogado no último sábado, horas depois de ter arrecadado US$ 100 mil para a pesquisa e tratamento da esclerose lateral amiotrófica, conhecida como Doença de Lou Gehrig. As informações são da CNN.

No desafio, que se tornou famoso pelas redes sociais, as pessoas tomam um banho de água gelada para chamar a atenção da população à doença. O internauta que é convocado deve cumprir o desafio em 24 horas ou doar US$ 100 à associação de pesquisa para a doença.

Corey Griffin, 27 anos, pulou do telhado de uma casa em Nantucket, Massachusetts (EUA), em direção ao mar. De acordo com o departamento de polícia de Nantucket, o jovem ressurgiu à superfície, afundou novamente e não voltou mais. Um salva-vidas resgatou Griffin da água, e a polícia tentou ressuscitá-lo, mas ele acabou morrendo no hospital. Não há informações detalhadas sobre a causa da morte.

Griffin era amigo de Peter Frates, ex-jogador de baseball do Boston College que vive com a Doença de Lou Gehrig desde 2012. Os amigos e a família de Frates foram responsáveis por criar o desafio do balde de água gelada, que chamou a atenção da mídia local de Boston e logo se tornou viral nas redes sociais pelo mundo todo.

Atletas, celebridades e executivos como Bill Gates e Mark Zuckerberg estão participando da brincadeira e doando dinheiro à Associação da doença, que já arrecadou US$ 13,3 milhões no período de 29 de julho a 17 de agosto.

Tags: afogamento, CIÊNCIA, doença, ela, morte, pesquisa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.