Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Brasil ganha pela primeira vez o 'Nobel' da matemática 

Portal Terra

O pesquisador Artur Ávila é o primeiro brasileiro a receber a medalha Fields, considerada o “Nobel” da matemática. Ávila, que era considerado um dos favoritos desde a edição anterior da premiação, levou o prêmio este ano concedido pela União Internacional de Matemática.

O carioca fez o mestrado logo após terminar o ensino médio. Aos 18 começou o doutorado, aos 22, o pós-doutorado. Como o Ministério da Educação (MEC) exige a graduação para conceder os títulos de mestre e doutor, ele fez a graduação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ao mesmo tempo que o mestrado.

Em entrevista anterior ao Terra, Ávila disse não se considerar um gênio. O segredo, segundo ele, está em fazer o que se gosta. "Eu vou conhecendo tão bem os problemas, que me sinto muito motivado em resolver aquilo que não consigo entender, em quebrar essa barreira. Eu acho isso muito importante, estar motivado. Acho que é isso que faz a gente se dar bem no trabalho, a ter reconhecimento e até ganhar prêmios. Se você não se interessar realmente pelos objetos com os quais trabalha, não vai a lugar algum", completa.

A medalha Fields é concedida a cada quatro anos a quatro matemáticos com contribuições reconhecidas à área. Como não existe um Nobel de matemática, o prêmio é considerado o mais importante para esse campo da ciência.

Tags: Brasileiro, doutorado, matemático, pesquisador, premiação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.