Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Paciente zero do ebola seria uma criança de 2 anos da Guiné 

Portal Terra

O pior surto de ebola da história pode ter começado com uma criança de dois anos, habitante de uma aldeia da Guiné, informou a rede de TV americana CNN.

Há oito meses, a criança que os pesquisadores acreditam ser o 'paciente zero' apresentou febre, fezes escuras e vômito. Em 6 de dezembro de 2013, apenas quatro dias após manifestar os sintomas, ela morreu, de acordo com um relatório publicado no The New England Journal of Medicine. Os cientistas ainda não sabem ao certo como o paciente contraiu o vírus.

O ebola é transmitido de animais para humanos através de fluidos - como sangue, saliva, urina e outras secreções - ou tecidos infectados, segundo a Organização Mundial da Saúde. "Na África, a infecção tem sido registrada através do contato com chimpanzés, gorilas, morcegos que se alimentam de frutas, macacos, antílopes e porcos-espinho", relatou a OMS, cujos pesquisadores acreditam que os morcegos sejam os "hóspedes naturais" do vírus.

Os mesmos cientistas que publicaram a descoberta da criança que pode ser o 'paciente zero' revelaram também que o ebola foi transmitido em cadeia dentro da família.

Após a morte da criança, a mãe apresentou sangramento e morreu em 13 de dezembro. No dia 29 do mesmo mês, a irmã de três anos passou a manifestar febre, vômito e diarreia. A doença afetou também a avó da criança, que morreu em 1º de janeiro, na aldeia de Meliandou em Guéckédou. A região no sudeste da Guiné fica muito perto das fronteiras com Serra Leoa e Libéria.

O ebola se espalhou para outras regiões após dezenas de pessoas terem participado do funeral da avó da criança. 

Tags: africanos, doença, ebola, epidemia, mortes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.