Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Ministério da Saúde descarta suspeita de ebola em Goiânia

Agência Brasil

O Ministério da Saúde descartou a possibilidade de uma paciente do Hospital de Doenças Tropicais (HDT) de Goiânia estar com o vírus ebola. A mulher de 23 anos procurou hoje (1º) atendimento no hospital especializado por ter apresentado febre e tosse depois de uma estadia de dez dias em missão religiosa no Moçambique.

O país africano não é foco de surto da doença, mas, segundo assessoria do HDT, como fica no mesmo continente de países em que está havendo surto da doença, ela foi encaminhada para o serviço especializado. Apesar de a hipótese de ebola ter sido descartada, a paciente continua internada para descobrir o que provocou os sintomas.

De acordo com o hospital, a paciente, que não teve o nome divulgado, está passando por exames e apresenta quadro geral bom e estável, sem risco de morte. 

Por meio de nota, o Ministério da Saúde informou que não há caso suspeito ou confirmado de ebola no país e que o risco de transmissão para o Brasil é considerado baixo. De acordo com os dados oficiais divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), os países acometidos pelo surto do vírus são a Guiné, a Libéria e Serra Leoa, todos situados na África Ocidental.

Os presidentes dos países se reuniram hoje com a diretora-geral da Organização Munidal da Saúde, Margaret Chan, para elaborar um plano de combate ao surto. De acordo com a OMS, o surto do vírus ebola está se expandindo mais rapidamente do que os esforços para controlá-lo. 

Tags: africanos, doença, Mundial, Organização, países, Surto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.