Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Edital apoia pesquisa sobre competências socioemocionais

Programa fomenta a produção acadêmica sobre habilidades não cognitivas

Porvir

Para fomentar a produção acadêmica sobre o desenvolvimento de habilidades não cognitivas na educação, a Capes irá oferecer bolsas para projetos em nível de pós-graduação, mestrado e doutorado. Desenvolvido em parceria com o Instituto Ayrton Senna, o Programa de Apoio à Formação de Profissionais no Campo das Competências Socioemocionais busca fortalecer redes de pesquisa que tenham foco no desenvolvimento de socioemocionais e a formação de professores nessa área. Os projetos poderão ser inscritos até o dia 5 de setembro.

As propostas de pesquisas devem propor ações que buscam construir condições favoráveis para a articulação de competências socioemocionais nas escolas. Os projetos podem abordar alguns eixos temáticos como educação integral, educação básica, ensino superior, profissionalizante e tecnológico, educação inclusiva e ensino a distância.

O programa irá oferecer um financiamento anual de até R$ 566.440,00 por projeto, sendo que as propostas selecionadas podem ter um período de desenvolvimento de no mínimo 24 e no máximo 48 meses. Cada grupo de pesquisa poderá ter até três coordenadores, dois doutorandos, seis mestrandos, dezoito graduandos e dezoito professores de educação básica. As modalidades de bolsas oferecidas seguirão os valores determinados conforme a portaria da Capes.

Para participar, os projetos devem ser submetidos pelo site do sistema on-line SICAPES. A inscrição deve ser realizada pelo coordenador geral do projeto. Ela deve incluir: o ofício de encaminhamento da pesquisa, com assinatura do pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da universidade; o projeto de pesquisa; o plano de trabalho do grupo; uma cópia do CPF e RG do coordenador geral e dos coordenadores de núcleos; e uma termo de compromisso assinado por todos os coordenadores. Os documentos devem ser enviados de acordo com o modelo disponibilizado no site do programa.

Os professores responsáveis pela submissão dos projetos devem pertencer ao quadro de docentes dos programas de pós-graduação em educação, psicologia, psicopedagogia e outras áreas relacionadas. É importante que os programas de pós-graduação tenham obtido nota superior ou igual a 3 na última avaliação da Capes.

A seleção será realizada em duas etapas. Na primeira, será realizada uma análise técnica dos projetos, verificando o envio da documentação solicitada e a adequação ao tema proposto. Em um segundo momento, o material será examinado por uma equipe de consultores indicados pela Capes e pelo Instituto Ayrton Senna, que irá levar em conta alguns itens como a relevância da pesquisa, os fundamentos teórico-metodológicos e as contribuições do projeto para o desenvolvimento de competências socioemocionais. O resultado está previsto para ser divulgado em outubro.

Para ter acesso ao edital completo, os interessados podem acessar o site.

Tags: capes, incentivo, instituto ayrton senna, pesquisa, produção acadêmica, sicapes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.