Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Ban Ki-moon pede liderança forte à Bolívia para agenda sustentável pós-2015

Agência Brasil

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu, nessa quinta-feira (12), ao presidente da Bolívia, Evo Morales, uma liderança forte à frente do G77, para a definição de uma agenda pós-2015 sustentável.

Ban Ki-moon fez o pedido a Morales, depois de terem chegado juntos à cidade de Santa Cruz (no Leste do país) que, este fim de semana, sedia a cúpula do grupo dos 77 países em desenvolvimento e a China, convocada pela Bolívia para marcar os 50 anos do bloco.

Em declaração aos jornalistas, o secretário disse que as discussões deste ano se revestem de especial importância, na medida em que o foco se volta para três aspectos, incluindo a ampliação de esforços para que sejam alcançados os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, cujo cumprimento vai ser avaliado em 2015.

“Em segundo lugar, devemos ter um acordo global sobre as alterações climáticas. E, em terceiro, temos que ter uma agenda de desenvolvimento sustentável para depois de 2015. Nesses três pontos, preciso da forte liderança do presidente Morales como presidente do G77 e a China”, destacou Ban Ki-moon.

O secretário-geral das Nações Unidas acrescentou ser necessária uma “forte associação” entre o grupo e o restante dos Estados-Membros da ONU, para um trabalho conjunto.

O avião do chefe de Estado da Bolívia aterrissou às 22h35 no Aeroporto de Viru Viru, procedente de São Paulo, onde Morales e Ban Ki-moon assistiram à abertura da Copa do Mundo.

O encontro começa amanhã. Está confirmada a presença dos presidentes de Cuba, do Equador, de El Salvador, do Uruguai, da Argentina, do Paraguai, Peru e da Venezuela.

Tags: AMBIENTE, bolívia, Meio, Nações, Unidas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.