Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Fundo Verde da UFRJ lança concurso de desenvolvimento sustentável

Agência Brasil

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) lançou hoje (5), no Dia Mundial do Meio Ambiente, um concurso de soluções sustentáveis, com patrocínio do Fundo Verde da universidade. O objetivo é divulgar a iniciativa - fruto de parceria com o governo do estado e com a concessionária de energia Light - que isenta a UFRJ do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da conta de luz para que o recurso seja investido em projetos sustentáveis. Além disso, o concurso busca envolver a comunidade da UFRJ no desafio de tornar o campus mais eficiente e sustentável.

Para a professora do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Coppe/UFRJ e coordenadora do Fundo Verde, Suzana Kahn Ribeiro, o projeto é importante para a redução dos gastos de energia e água. Segundo ela, "pelo campus passam cerca de 100 mil pessoas por dia, e o consumo de água e energia é muito grande. Esse projeto é importante porque a cidade universitária é praticamente uma cidade média europeia. Então, todas essas iniciativas que a gente faz no campus são um modelo em escala real, e nós estamos criando um laboratório urbano, em uma escala de um para um. A gente quer reduzir esse consumo e melhorar os indicadores do número de sustentabilidade", explicou.

Segundo Suzana, "o Fundo Verde é abastecido com a isenção do ICMS da conta de luz da cidade universitária, e o dinheiro que era para pagar o imposto estadual retorna para a UFRJ criando esse fundo que tem como objetivo esverdear o campus. A gente está desenvolvendo uma série de projetos como a questão de energia solar, eficiência energética e redução do consumo de água. Tem uma série de iniciativas no campus, de forma a promover um envolvimento maior da comunidade da UFRJ, composta por estudantes, professores, pesquisadores, funcionários, enfim, quem trabalha nessa área".

O concurso vai premiar três projetos que reduzam o consumo de água e de energia elétrica no campus da UFRJ. Para participar é preciso ter vínculo com a faculdade e enviar uma proposta de projeto sustentável para a cidade universitária, que seja viável e tenha custo máximo de implantação de R$ 500 mil, e cada candidato pode concorrer em apenas uma das três categorias: energia, água e mobilidade.

Os projetos devem ter orçamento e metodologia detalhados, e se enquadrar no Plano Diretor 2020 da UFRJ, disponível para consulta no site do projeto, e as inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico www.fundoverde.ufrj.br/concurso, no período de 5 de maio a 6 de setembro. O resultado do concurso será anunciado no dia 30 de outubro.

Uma comissão com representantes dos conselhos do Parque Tecnológico, do Fundo Verde e do Plano Diretor analisará as propostas, e as vencedoras serão financiadas pelo Fundo Verde. Os ganhadores participarão da implementação dos projetos, atuando como coordenadores por três meses, e receberão uma bolsa. Além disso, o Parque Tecnológico da UFRJ dará como prêmio um iPad para cada projeto selecionado.

 

Tags: ecologia, federal, projetos, Rio, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.