Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Ciência e Tecnologia

O canal de videoaulas criado antes do Youtube

Lynda.com tem biblioteca de mais de 114 mil vídeos

PorvirLuisa Ferreira

Antes da criação do Youtube, que popularizou a transmissão de informações em vídeo, muitas vezes até gratuitamente, Lynda Weinman começou a filmar aulas e publicá-las na internet como meio alternativo para salvar sua escola de programação e design. Treze anos depois, seu site, o Lynda.com, oferece uma biblioteca de mais de 2.400 cursos e 114 mil vídeos pagos com conteúdos específicos e de boa qualidade.

A fundadora do site, que é referência em programação e webdesign, entrou no mercado de educação por acaso. “Eu digo que não escolhi ser professora, fui eleita”, contou Lynda durante o SXSWEdu, realizado em março deste ano em Austin, nos Estados Unidos. Ela percebeu que muitas pessoas perguntavam como ela fazia o que fazia e resolveu abrir, junto com o marido, uma escola para ensinar programação e webdesign. A escola ia bem, até que três anos depois do início das atividades, com o mercado de internet em crise e a instabilidade gerada pelo ataque de 11 de Setembro, seus alunos sumiram.

“Eu estava a ponto de perder a fé, mas ainda assim continuei acreditando que tínhamos algo a ensinar. Tínhamos gravado algumas videoaulas e começamos a colocá-las online, ainda antes do Youtube, e começamos a receber relatos de pessoas que estavam gostando do que estávamos fazendo e de como estávamos fazendo”, afirmou.

Atualmente, o Lynda.com reúne aulas de tecnologia, design e negócios. Os alunos podem aprender desde elementos básicos de editores de imagem, como Photoshop, até animação em 3D. Há também cursos que ensinam linguagem de programação e como usar softwares que criam apresentações de negócios.

Pelo acesso ao material, o portal cobra um preço semanal ou anual por um plano básico, que dá direito a assistir todos os vídeos já feitos e acesso aos novos lançados semanalmente, ou por um plano completo que também possibilita que os alunos façam download de materiais de apoio e possam assistir aos vídeos offline. A plataforma ainda oferece pacotes de assinaturas para grupos de mais de cinco pessoas. Mais de 4 milhões de pessoas usam os serviços do site . Além disso, 75 empresas, entre elas 24 universidades, contratam o Lynda.com para oferecer treinamento a funcionários.

Além da qualidade dos cursos, o serviço de acompanhamento do aprendizado e o suporte oferecido são diferenciais do Lynda.com, que mesmo com a concorrência dos tutoriais online gratuitos, continua fazendo sucesso.

Tags: escola, lynda weinman, negócios, programação, tecnologia, webdesign

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.