Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Brasil já tem a equipe que competirá na Olimpíada Internacional de Matemática

Os estudantes representarão o país no torneio mundial na África do Sul, de 3 a 13 de julho próximo.

Jornal do Brasil

Foi definida, nesta segunda-feira (19/5), a lista dos seis estudantes que representarão o Brasil na 55ª Olimpíada Internacional de Matemática (IMO). O evento ocorrerá na Cidade do Cabo, África do Sul entre os dias 3 e 13 de julho próximo reunindo cerca de 600 jovens talentos para a matemática de mais de 100 países. O time brasileiro é formado pelos estudantes Rodrigo Sanches Ângelo (SP), Murilo Corato Zanarella (SP), Alessandro de Oliveira Pacanowski (RJ), Victor Oliveira Reis (PE), Daniel Lima Braga (CE) e Alexandre Perozim de Faveri (SP). A equipe será acompanhada pelos professores Onofre Campos da Silva Farias (CE) e Samuel Barbosa Feitosa (BA).

>> Pagar bem os professores é estratégico para o Brasil, afirma Dilma

Alessandro de Oliveira Pacanowski é o candidato carioca selecionada para a competição
Alessandro de Oliveira Pacanowski é o candidato carioca selecionada para a competição

Os estudantes foram selecionados entre os vencedores da 35ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) em 2013. Para integrar a equipe, os jovens passaram por um intenso processo de seleção, que incluiu uma bateria de provas e listas de exercícios que foram resolvidas ao longo de seis meses, além de considerar a pontuação conquistada na disputa nacional. A equipe que representa o Brasil na IMO foi escolhida com base nos resultados obtidos pelos estudantes nesse processo. 

Antes da viagem para África do Sul, o time brasileiro, cujos integrantes possuem um forte histórico de conquistas em olimpíadas nacionais e internacionais, enfrentará um período de treinamento intensivo, realizado entre os dias 9 e 27 de junho em São José do Rio Preto (SP).

Sobre a IMO

A Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) é o maior concurso de resolução de problemas de matemática para estudantes do ensino médio do mundo. Realizada desde 1959 durante o mês de julho, sempre num país diferente, a competição envolve a participação de estudantes entre 14 e 19 anos de idade, que resolvem provas de matemática em dois dias consecutivos.  

 A IMO é a mais antiga, maior e mais prestigiada de todas as olimpíadas científicas internacionais. Neste ano um total de 105 países já confirmou a participação no evento, quebrando o recorde de 104 países participantes na olimpíada de 2009 realizada na Alemanha. Brasil participa da competição desde 1979 e acumula desde então um total de 105 medalhas, sendo 9 de ouro, 30 de prata e 66 de bronze, o que o torna o país latino-americano com maior número de medalhas na competição.

Como chegar até a IMO

Os estudantes que representam o Brasil na IMO são selecionados pela Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), competição realizada anualmente nas escolas públicas e privadas em todo o país. Para participar da OBM, o cadastro deve ser feito pela escola diretamente no site da competição (www.obm.org.br), entre os meses de março e maio de cada ano. Depois, os alunos interessados devem fazer a inscrição com o professor responsável em cada instituição.

A OBM é um projeto conjunto do Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e tem por objetivos estimular o estudo da matemática, contribuir para a melhoria do ensino no país, identificar e apoiar estudantes com talento para a pesquisa científica e selecionar e preparar as equipes brasileiras que participam das diversas competições internacionais de matemática.

A competição conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), do Ministério da Educação (MEC) por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCT-Mat).

Tags: áfrica, dilma, matemática, olimpíada, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.