Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Sustentabilidade: Petrobras reutiliza 24 bilhões de litros de água

Relatório da estatal destaca investimento R$ 780 milhões em projetos ambientais, sociais e culturais

Jornal do Brasil

A Petrobras divulgou nesta quinta-feira (15) o Relatório de Sustentabilidade 2013, no site www.petrobras.com.br/rs2013. A publicação, que reúne informações sobre seu desempenho operacional, econômico, social e ambiental durante o ano, traz entre os destaques o reúso de 24 bilhões de litros de água; e o investimento de R$ 780 milhões no patrocínio a projetos sociais, ambientais, culturais e esportivos, no último ano.

O reúso de 24 bilhões de litros de água em 2013 representa 11% do total de demanda de água doce da companhia no período, e um aumento de cerca de 3% em relação a 2012. Esse volume seria suficiente para abastecer uma cidade de 600 mil habitantes durante um ano. Com a entrada em operação de novas unidades de reúso, até 2015, a Petrobras atingirá a marca de 35 bilhões de litros de água doce que deixarão de ser captados anualmente do ambiente, aumentando sua disponibilidade para consumo pela sociedade.

Ao todo, a companhia investiu R$ 780 milhões, em 1.600 projetos sociais, ambientais, culturais e esportivos em todo o país, no ano passado. Em novembro, foi lançado o Programa Petrobras Socioambiental, que iniciará um novo ciclo, com investimentos de R$ 1,5 bilhão, de 2014 a 2018, em projetos sociais, ambientais e socioesportivos, que contribuem com o desenvolvimento sustentável e a promoção de direitos.

A qualificação profissional também ganhou reforço em 2013, com o início da nova fase do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp). Serão capacitados  profissionais para atender à demanda de fornecedores pela modalidade aluno-empresa, em que as empresas indicam os alunos e dividem o investimento na qualifica ção com o Prominp. Nos últimos sete anos, o Plano Nacional de Qualificação Profissional, uma das ações do Prominp , capacitou 97,3 mil profissionais por meio de processo seletivo público.

A Petrobras também apresenta iniciativas de cumprimento da política de conteúdo local para o setor de óleo e gás natural, colaborando para aumentar a geração de emprego e renda no país. Pela primeira vez, estão sendo construídos simultaneamente no Brasil 28 sondas de perfuração marítimas, 88 navios para  transporte de produtos de petróleo , 38 plataformas de produção e 146 barcos de apoio. As sondas vão prospectar petróleo em águas ultraprofundas, e serão entregues a partir de 2015 com conteúdo local entre 55 e 65%. As demais embarcaç ões estão sendo entregues no período 2013 a 2020. Todos esses projetos somam mais de U$ 100 bilhões em encomendas colocadas na indústria naval brasileira. No ano de 2013, foram construídas nos estaleiros brasileiros unidades de produção com até 34 meses de fabricação, período alinhado à m édia mundial.

Tags: água, estatal, investimento, MEIO AMBIENTE, Petróleo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.