Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Profecias podem antecipar a ciência?

Entrevista com J.S. Helios, autor do livro 'A Última Contagem Regressiva'

Jornal do Brasil

Seu livro A Última Contagem Regressiva tem como subtítulo “O que Isaac Newton não descobriu”. O que exatamente Newton não descobriu? Isaac Newton passou boa parte da vida pesquisando profecias da Bíblia, em especial o livro de Daniel e o Apocalipse. Ele achava que poderia descobrir um código que revelasse o ano de grandes acontecimentos no mundo, provavelmente o Juízo Final, estimando que seria em 2060. Em um dos cálculos utilizou o período de 1290 anos, presente no capítulo 12 de Daniel, a partir de 609 d.C. Porém, nenhum fato relevante ocorreu nesse ano para justificar o início da profecia. Investigando no livro de Daniel (12:11-12), descobri que o período profético é de 2625 anos (1290+1335), mas o início da profecia não é 609 d.C. como pensava Newton e sim 609 a.C. Portanto, o intervalo de 2625 anos a partir de 609 a.C. termina em 2017.  O ano que Isaac Newton buscou toda vida não é 2060, mas pode ser 2017.

Por que o ano 609 a.C. é um início importante para o cumprimento da profecia de Daniel? Porque nesse ano os judeus, liderados pelo rei Josias, perderam a Batalha de Megido e o reino de Judá para os egípcios. Por 2555 anos os descendentes de Abraão ficaram sem uma nação com governo autônomo. Após 609 a.C., eles foram dominados pelos egípcios, babilônios, gregos, romanos e por fim espalhados pelo mundo no ano 70 até 1947. Em 1948 foi fundado o atual Estado de Israel.

Mas isso pode ser apenas uma coincidência. Seria se fosse apenas isso. Também encontrei na Bíblia e em outras profecias indicações claras de que algo muito trágico deverá ocorrer no mundo ainda nesta década alterando o rumo da civilização. Acredito que um evento catastrófico, proveniente do espaço, foi previsto por Jesus e isso está registrado no evangelho de Lucas: “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, angústia das nações em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo, porquanto as forças do céu serão abaladas.”

O que poderia causar um cenário tão preocupante quanto esse profetizado por Jesus? Somente a passagem de algum astro próximo à Terra poderia causar catástrofes da natureza tão intensas. O livro do Apocalipse cita a estrela Absinto (Amargura em algumas traduções) que causará a morte de muitas pessoas pela água. No livro de Daniel e no evangelho de Marcos esse astro destruidor chama-se Abominação Desoladora. Minha principal suspeita é de que se trata do planetoide Sedna, porque Jesus revelou que essa abominação estaria onde não deveria estar (Mc, 13:14). Quando o planetoide foi descoberto, o astrônomo Mike Brown admitiu que Sedna não deveria estar onde estava, pois não estava próximo o suficiente para ser afetado pelo Sol, nem muito afastado para ser influenciado pela estrela mais próxima. Esotéricos afirmam que esse astro invasor é vermelho com órbita muito alongada. Isso coincide com a superfície de Sedna que é muito vermelha e possui órbita bastante excêntrica. O período orbital do planetoide é cerca de 11 mil anos e coincide com a época da catástrofe que afundou Atlântida e com o fim da Era Gelo que muito provavelmente aconteceu por influência da última passagem de Sedna próximo à Terra.

Mas Sedna não está além de Plutão? Quando o planetoide foi descoberto em 2003 estava sim além de Plutão, no cinturão de Kuiper, mas acredito que a trajetória não foi calculada corretamente. É muito importante que se investigue melhor Sedna, pois sua órbita deve ser semelhante às órbitas de cometas de longo período. A máxima aproximação deverá ser entre as órbitas da Terra e de Vênus no mês de maio, pois o astro encontra-se na constelação de Touro.

Será que seu estudo não é mais um alarme falso, como foi o fim do calendário Maia em 21 de dezembro de 2012? Pode ser, mas na dúvida é meu dever revelar tudo que descobri. Não sou vidente, nem profeta. Estudei nos últimos 5 anos várias profecias e códigos ocultos na Bíblia que nos alertam para um cataclismo de grandes proporções conhecido no livro sagrado como Ira de Deus ou Dia do Senhor.

Na sua pesquisa, você desvendou alguns códigos que apontam para o intervalo entre 2016 e 2019 com grande probabilidade de ocorrer uma catástrofe global, mas o ano mais provável seria 2017? Isso mesmo. Primeiro, porque trata-se da profecia de Daniel que Newton pesquisou e esteve perto de decifrar. Segundo, é o centenário da aparição de Nossa Senhora de Fátima. Ela apareceu à três crianças portuguesas em 1917 entre maio e outubro. Como Sedna está na constelação de Touro, o planetoide deverá cruzar a eclíptica em maio. Após a passagem periélica, terá início grandes catástrofes da natureza, tais como terremotos, tsunamis, erupções vulcânicas, elevação do nível do mar, deslocamento dos polos geográficos e provavelmente inversão dos polos magnéticos que já está acontecendo na região conhecida como Anomalia Magnética do Atlântico Sul. Esse processo de transformação da geografia do nosso planeta deverá durar 5 meses, isto é, os meses da aparição da Virgem, entre maio e outubro. Curiosamente, o dilúvio bíblico durou exatamente 5 meses.

O Terceiro Segredo de Fátima tem alguma relação com essas previsões? Totalmente. A profecia ainda não se cumpriu e o Terceiro Segredo de Fátima é uma visão catastrófica do mundo. O papa caminha por uma cidade metade destruída e depois se dirige a uma colina onde é morto por soldados. A cidade é uma alegoria para o planeta que estará mais destruído no hemisfério norte e a presença de soldados sugere uma guerra mundial. Por conta disso, suponho que em 2016 não haverá eleição presidencial americana, mantendo Barack Obama na Casa Branca para liderar a nação. A aproximação de Sedna deverá ser no ano seguinte, mas com muitas catástrofes acontecendo em todo planeta, a guerra será interrompida.Outra possibilidade é a Terceira Guerra Mundial estar acontecendo ao longo de 2017 e a passagem de Sedna acontecer em 2018.

Na primeira edição (2012) você pesquisou no Código da Bíblia alguns possíveis candidatos para a eleição deste ano. Você acha que Dilma não será reeleita? Posso estar errado, mas tenho a sensação de que ela não será reeleita, apesar das pesquisas indicarem o contrário. As chances de sucesso para o PSDB são maiores dessa vez que em 2010. Eduardo Campos, com apoio de Marina Silva, também tem chances reais. No entanto, dentre os candidatos menos conhecidos, destaco o senador Randolfe Rodrigues que pode surpreender ao longo da campanha.

Website do autor: www.jshelios.com

Tags: lançamento, livro, Planeta, Previsão, Terra

Compartilhe:

Comentários

2 comentários
  • Celia Maria De Almeida Santos

    Está registrado no Evangelho que Jesus Cristo, interrogado de quando seria esse dia, respondeu que ninguém sabe, só o PAI. Impressão por impressão, eu acho que a Presidenta Dilma vai se reeleger.

  • Christina

    Ninguém aguenta mais este assunto. De todo modo, com catástrofe ou sem catástrofe todos tem seu dia de retorno às origens. A hora de ter as máscaras arrancadas à foice para relembrar que depois dos sete palmos abaixo do chão todos são absolutamente os mesmos.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.