Jornal do Brasil

Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

Ciência e Tecnologia

Facebook pode ter problemas legais com compra da Oculus VR

Portal Terra

O Facebook pode enfrentar problemas legais na compra da startup de realidade virtual Oculus VR, porque a empresa americana de jogos ZeniMax diz que é dona de partes essenciais da tecnologia que a Oculus utiliza. As informações são do The Guardian.

O Facebook anunciou a compra da Oculus VR no final de março deste ano por US$ 2 bilhões. A startup é famosa pelos seus óculos de realidade virtual Oculus Rift.

A ZeniMax é a antiga empregadora do desenvolvedor de jogos John Carmack, que também foi diretor de tecnologia da Oculus em 2013. Em cartas enviadas pela ZeniMax ao Facebook e à Oculus, a companhia afirma que Carmack dividiu direitos de propriedade intelectual com a Oculus antes e depois de ter trabalhado na empresa.

Carmack contatou Palmer Luckey, fundador da Oculus, em 2012. Ele teria recebido um protótipo de óculos da startup e o teria modificado para a convenção E3 daquele ano. Segundo a publicação, a ZeniMax já teria pedido uma compensação pelo trabalho de Carmack em agosto de 2012.

John Carmack, no entanto, parece querer se distanciar da disputa. Em seu perfil no Twitter, ele disse: “nenhum trabalho que eu já fiz foi patenteado. A ZeniMax possui o código que eu escrevi, mas eles não são donos da VR”. “A Oculus não usa nenhuma linha de código que eu escrevi enquanto estava sob o contrato da ZeniMax”, acrescentou.

Tags: aplicativos, compra, face, realidade, tecnologia, virtual

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.