Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Experimento de 1862 mostra como identificar sorriso natural

Método consistia em colocar sondas na pele que trasmitiam impulsos elétricos

Portal Terra

Um experimento realizado na Era Vitoriana (1837 a 1901) pelo neurologista francês Duchenne du Boulogne mostra os efeitos da eletricidade nas expressões faciais dos seres humanos e revela como é possivel identificar um sorriso genuíno, informa o Daily Mail.

O método consistia em colocar sondas no rosto de uma pessoa que transmitiam impulsos elétricos. 

O neurologista registrou seus testes com uma câmera e descobriu que cada músculo retrata uma emoção diferente. Ele publicou suas conclusões em seu livro "O Mecanismo da Fisionomia Humana", em 1862.

A obra inclui uma detalhada investigação que lista diferenças entre o sorriso espontâneo e o sorriso forçado.

Ele notou que no sorriso espontâneo os músculos das bochechas "se levantam" e estreitam os olhos, causando rugas nos seus cantos externos.

Em sua homenagem, os sorrisos genuínos passaram a ser chamados de "sorrisos de Duchenne".

Tags: eletrecidade, expressões, face, método, neurologia, sorrisos de duchenne

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.