Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

YouTube Edu está em busca de professores talentosos

Objetivo é focar em videoaulas que abordem temas do ensino fundamental

Porvir

Professor, quer aumentar o alcance das suas aulas? O YouTube Edu pode ajudar. Durante o Transformar 2014, a empresa divulgou uma nova campanha para incentivar educadores que tenham talento e estejam dispostos a se tornarem conhecidos na web. O convite é para que essas estrelas das salas de aula contribuam com videoaulas que contemplem especificamente temas do currículo do ensino fundamental.

O YouTube Edu está no ar desde novembro, mas até agora ele vinha concentrando apenas videoaulas focados em temas das áreas de exatas e biológicas para o ensino médio. Mas agora, com a ampliação de temas e séries, a perspectiva é que as aulas cheguem a mais pessoas – tanto alunos, que buscam a plataforma para tirar dúvidas, quanto outros professores, que procuram melhorar suas práticas.

Para fazer parte dessa nova chamada para educadores, os interessados têm que já possuir um canal com vídeos e submetê-lo à campanha por uma ficha de inscrição. Depois de inscritas, as videoaulas passarão por uma avaliação da Fundação Lemann para só então fazer parte do YouTube Edu. Com isso, a plataforma se torna um espaço de conteúdo curado do ponto de vista pedagógico.

Fazendo parte do canal de educação, os professores ganham visibilidade, pois conseguem ter um aumento significativo nas visualizações dos seus conteúdos. Desde de o lançamento, alguns canais cadastrados já aumentaram sua audiência em até 70%.

Experimentação

O canal de educação do YouTube fez parte da sala de experimentação do Transformar 2014, espaço onde o público tinha a oportunidade de entrar em contato com recursos digitais, tecnológicos, games e plataformas adaptativas. Outras ferramentas da empresa como o Google Apps for Education e o Google Cultural Institute também estavam lá, reforçando a ideia de que os educadores precisam conhecer e se apropriar das novas tecnologias.

“Existe muita coisa legal na internet que as pessoas não conhecem. Queremos mostrar nossas ferramentas e conteúdos para os professores para que eles se apropriem e se empoderem disso, que ele levem cada vez coisas mais interessantes para suas aulas”, Rodrigo Abdalla, gerente de marketing do Youtube/Google.

Tags: conteúdo pedagógico, Enem, ensino médio, fundação lemman, Google, visibilidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.