Jornal do Brasil

Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Financial Times aborda discurso de Dilma sobre internet

Presidente atacou espionagem norte-americana

Jornal do Brasil

O jornal inglês Financial Times publicou uma matéria nesta quarta-feira (23) abordando o discurso de Dilma na conferência internacional da Internet, em São Paulo. A presidente atacou o uso da internet para espionagem, realizado pelos Estados Unidos, afirmando que a prática vai de encontro com a natureza da internet, que deve ser democrática, livre e plural.

A matéria destaca que as palavras de Dilma foram cuidadosas, o que reflete a delicadeza da questão geopolítica. De um lado, estariam China e Rússia, que querem uma internet sob o controle da União Internacional de Telecomunicações, agência da ONU. De acordo com o autor, isso poderia permitir que estes governos autoritários ganhassem mais influência. Do outro lado, estariam os estados liderados pelos Estados Unidos, que defendem que a internet deveria ser estar sob o poder das partes interessadas, incluindo o setor privado e grupos civis da sociedade.

Apesar do Brasil ter defendido a proposta da Rússia e da China em 2012, analistas vêm detectando uma mudança nesta posição,apesar da espionagem por parte dos Estados Unidos. "É a nossa visão que um modelo de controle das partes interessadas é a melhor maneira de exercer o governo da internet", explicitou Dilma na conferência. A reportagem também adiciona que a nova lei do "Marco Civil", que governará a internet e garantirá a privacidade, foi assinada pela presidente.

Tags: brasil, conferência, dilma, espionagem, Estados Unidos, internet, marco civil

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.