Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Arqueólogos encontram pegadas de cães de 2 mil anos atrás

Portal Terra

Arqueólogos da Inglaterra descobriram pegadas de pequenos animais gravadas em telhas romanas que datam de 2 mil anos atrás. Pelo menos um dos azulejos tem marcas das patas de um cão, e outro é marcado com as pegadas de uma ovelha ou uma cabra que pisaram no barro molhado. As informações são do site Live Science.

"São belas descobertas, uma vez que representam uma captura instantânea, um momento único na história", disse Nick Daffern, gerente do projeto da Wardell Armstrong Archaeology. "É encantador imaginar alguma pessoa enfurecida tocando um cão ou outro animal para longe de suas telhas frescas."

"É encantador imaginar alguma pessoa enfurecida tocando um cão ou outro animal para longe de suas telhas frescas", diz um dos arqueólogos
"É encantador imaginar alguma pessoa enfurecida tocando um cão ou outro animal para longe de suas telhas frescas", diz um dos arqueólogos

Os azulejos foram encontrados na área de Blackfriars, em Leicester, cidade inglesa onde os ossos do rei Ricardo III foram descobertos em um estacionamento em 2012. A Wardell Armstrong Archaeology foi contratada para cavar em um local onde uma empresa de construção prevê a construção de moradia estudantil.

As telhas foram encontrados em camadas de escombros que seriam a base para a obra, mas o contexto de origem dos artefatos não é clara, afirma Daffern. "Nós não sabemos se as telhas eram originalmente parte de um edifício ou foram comprados de outros lugares especificamente para estabilizar o terreno", disse.

Tags: ARQUEOLOGIA, azulejos, Europa, história, Inglaterra

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.