Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

iPhone é usado em regiões mais ricas do Brasil, segundo mapa

Portal Terra

Um mapa criado pela Mapbox, em parceria com a Gnip, mostra que o uso do iPhone no Brasil é mais restrito às regiões centrais mais ricas de São Paulo e do Rio de Janeiro, por exemplo, enquanto o uso de celulares Android também permeia para o interior dos estados.

O padrão também é similar nos Estados Unidos, como observado pelo Business Insider. Enquanto em Manhattan, o iPhone é visto como maioria, em Newark, o que predomina é o Android. A publicação sugere que o uso do iPhone é predominante na região mais rica de Manhattan, onde o salário médio é de US$ 67 mil por ano, enquanto em Newark, este valor é de US$ 17 mil por ano.

Uso do iPhone se concentra no centro de São Paulo (em vermelho), enquanto Android - em verde - também se espalha em direção ao interior 
Uso do iPhone se concentra no centro de São Paulo (em vermelho), enquanto Android - em verde - também se espalha em direção ao interior 

A análise pode valer para o Brasil também, tendo em mente que um iPhone no País custa acima de R$ 1 mil, enquanto o Android tem aparelhos que vão da faixa de R$ 200 a R$ 2,5 mil.

É possível observar a falta de tuítes captados em regiões como o interior da Bahia, no Piauí e Amazonas. O mapa também permite localizar celulares BlackBerry e outros.

A ferramenta foi baseada na localização de mais de 280 milhões de tuítes postados de celulares. A Mapbox é uma empresa de plataforma de mapas, enquanto a Gnip fornece dados de redes sociais.

Tags: aplicativos, interior, mapas, SP, tecnologia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.